Prefeitura de São Paulo: não corte a verba das crianças carentes do Projeto Mudar!

Já assinou 0 pessoa. Ajude a chegar a 7.500.


Os infantes que são abrigados pelo PROJETO MUDAR, na sua maioria, vieram de lares destruídos, onde sofreram abusos físicos e emocionais gravíssimos, quando então foram retirados de suas famílias por ordem judicial. As histórias são terríveis e chocantes, mas que não vêm ao caso nesse momento, até para que se preserve a dignidade destes seres indefesos.

Ocorre que, recentemente, a Prefeitura de São Paulo cortou a verba de R$ 30.000,00 que era destinada a fomentar as despesas do PROJETO MUDAR, o que certamente irá causar um enorme prejuízo às atividades desenvolvidas por esta nobre entidade, pois ela precisa desse valor para pagar suas despesas e seus funcionários.

O PROJETO MUDAR é uma associação de interesse público, beneficente, filantrópica e apartidária, sem fins lucrativos, que atua em prol dos direitos das crianças e adolescentes que vivem na rua, prestando-lhes moradia, alimentação, vestuário e atendimento médico, odontológico e educacional, além do bem principal: o AMOR!

Os imóveis usados de abrigos para estas crianças e adolescentes são alugados, havendo ainda pesados encargos com as contas de consumo de água, luz e telefone, além dos depósitos que servem para guardar os materiais advindos de doações, bem como os consultórios dos médicos e dentistas. Ainda há gastos com a remuneração de funcionários e com as despesas dos voluntários, sendo necessário também arrecadar fundos para custear remédios, material odontológico e pedagógico, alimentos, dentre outros.

De nada adianta querer aumentar a maioridade penal para que se puna jovens infratores se na hora certa de agir, os deixamos ao desamparo. Certamente, muitas dessas crianças e adolescentes, se forem devidamente cuidados na infância, ao invés de criminosos, serão pessoas de bem, poderão formar seus lares com base em trabalho honesto, mudando assim o perfil atual da nossa tão caótica sociedade.

Esse abaixo assinado, portanto, pretende conscientizar a Prefeitura de São Paulo de que o PROJETO MUDAR presta um serviço de utilidade pública, o qual, na verdade, deveria estar sendo oferecido à população pelo próprio Estado. Logo, o mínimo que a atual gestão municipal pode fazer é não cortar a verba que vinha sendo destinada a esta samaritana instituição, pois só assim a população poderá reconhecer que o Prefeito João Dória realmente está preocupado com os mais necessitados.

"E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe." - Mateus 18:5

-------------------------------------------

Conheça o PROJETO MUDAR:

http://mudar.org.br



Hoje: Cassiano está contando com você!

Cassiano Rampazzo precisa do seu apoio na petição «NÃO ao corte de verba do Projeto Mudar, voltado a crianças carentes!». Junte-se agora a Cassiano e mais 7.198 apoiadores.