VOTO EM CÉDULA JÁ

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Cuiabá, Mato Grosso, 14 de Outubro de 2018.

 

CARTA EM DEFESA DA SEGURANÇA PARA ELEIÇÃO DE PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL NO ANO DE 2018.

                                                                              Os cidadãos e cidadãs brasileiras, indignados com as várias denúncias de irregularidades na votação de primeiro turno das eleições do ano corrente, com fundamento no parágrafo único do art. 1º e parágrafo primeiro do art. 142 da constituição Federal, cc art. 17-A da Lei Complementar 97/99 e a. 59, 83 e 89 da Lei 9.504/1997, vêm com o devido respeito, requerer à Excelentíssima Ministra Rosa Maria Pires Weber, Presidente do Egrégio Tribunal Superior Eleitoral e Excelentíssimo Dr. Michel Temer Presidente da República Federativa do Brasil, que a votação do Segundo Turno, que ocorrerá em 28 de Outubro de 2018, seja realizada em Cédula e fiscalizada pelo Exército Brasileiro, que sugerimos da seguinte maneira:

                                                                 Que o voto seja em Cédula, conforme previsão dos arts. 59, 83 e 89 da Lei 9.504/1997;

                                                                  Que seja destinado um membro do exército brasileiro em cada seção para fiscalização desde o início até o final da votação;

                                                                  Que haja Acompanhamento de um membro do exército quanto ao translado dos malotes de cédulas de cada seção até o destino de contagem;

                                                                  Em homenagem aos Princípios da Publicidade e Legalidade previstos no art. 37 da Constituição Federal Brasileira, que a contagem final do votos também seja acompanhada por autoridades do Exército, como meio de estabelecer confiança da população no resultado final de apuração.                                                               

                                                               As denúncias de supostas irregularidades na votação de primeiro turno, vieram de vários Estados do país, havendo até mesmo processo judicial em andamento, como pode ser conferido pelas reportagens, através dos veículos de comunicação.

                                               Ou seja, existem fortes indícios de irregularidades, que inclusive já estão sob investigação judicial, mas não haverá tempo hábil para os trâmites legais até a votação de segundo turno, sendo prudente que sejam tomadas as providências cabíveis para assegurar a lisura da votação.

                                               Diante do acima disposto, os cidadãos e cidadãs brasileiras, requerem de Vossas Excelências, as providências acima elencadas para a proteção máxima à Pátria e garantia dos Poderes Constitucionais.

                                               Suplicamos a todos os cidadãos e cidadãs brasileiras, que assinem o presente Abaixo Assinado, para que possamos alcançar o objetivo, que será diminuir ao máximo a possibilidade de irregularidades na votação para escolha do Presidente da República do Brasil, prevista pra o dia 28 de Outubro de 2018.

 

 



Hoje: Maria José está contando com você!

Maria José Lopes da SILVA precisa do seu apoio na petição «Ministra Rosa Maria Pires Weber e Presidente Michel Temer: SEGUNDO TURNO ELEIÇÕES 2018». Junte-se agora a Maria José e mais 211 apoiadores.