Omissão é crime! Fora diretora e Coordenadoras da Escola de Taquara I

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


A comunidade composta pela maioria de pais e alunos,  e comunidade do
bairro Taquara 1 e regiões, vem por meio desde manifestar seu repúdio aos acontecimentos recentes envolvendo as  pedagogas e diretora da escola  Escola - EEEF Taquara I - Serra - ES.Dessa 
forma, solicita-se afastamentos das envolvidas por motivos abaixo listados:

O último caso foi de um aluno  DE 6 ANOS AUTISTA RELATA PARA A MÃE ABUSO SOFRIDO POR 3 ALUNOS DENTRO DO BANHEIRO DA ESCOLA TAQUARA 1 NO DIA 

O aluno relata ainda que foi chamado pela Coordenadora Sayonara e que ela fez os alunos pedirem desculpas. NÃO ENTROU EM CONTATO com a mãe da vítima em momento nenhum.

Na escola  muito mal recebidos, funcionários não olham na nossa cara, não nos cumprimentam e desprezam nossa atitude de apoio à mãe, coisa que ELES deveriam ter feito!!

A mãe entra na sala de reunião com a Diretora Isabela, as duas Coordenadoras e a Pedagoga e também com o líder da comunidade . Onde a mãe exigiu ver as imagens naquele momento. Como sempre todos chegaram os fatos. Porém quando começaram ver as imagens logo no início a mãe vê a imagem do filho entrando no banheiro e em seguida alunos entrando atrás e depois o filho saindo levantando a calça. O aluno relata fatos que eu não vou citar aqui. Mesmo com as imagens das câmeras elas e alegam que ele sonhou e que um minuto não é tempo suficiente para abuso! 
A mãe saiu desolada da escola E pegou a transferência do aluno dizendo nunca mais por os pés ali.

Agora eu me coloco no lugar dessa mãe. Ter seu filho violentado e depois um pedido de desculpas supostamente pedido!!! 
A mãe pediu as imagens e a diretora negou, disse que só em juízo, a mãe já contactou seu advogado para seguimento ao caso no ministério público.

O aluno mesmo tendo sua especialidade é muito inteligente, e repete o mesmo relato quantas vezes preciso e da mesma forma.

Quando ainda estávamos na escola a Corrdenadora Rosângela aos GRITOS reclamando da nossa presença, dizendo que nao somos parentes para estar lá!
É isso que querem? Que abandonamos os pais que nos procuram? Que não demos apoio??? A comunidade de Taquara 1 está unida e não aceitara mais essas situações 

Nós da comunidade estamos recebendo outras denuncias alunos atropelados dentro do pátio da escola , transferências compulsórias, agressões.

Portanto a fim de se evitar possível piora no desenvolvimento de crianças e agravamento
daquelas que possuem ou não enfermidade, bem como, e principalmente, de se lhe
proporcionar uma vida digna, de bem-estar, solicita-se à Prefeitura da Serra, à Secretaria de
Educação à Procuradoria Publica do Município e ao Ministério Publico Federal afastamento do
cargo antes mesmo que todos processos judiciais estejam concluídos.