TRANSPARÊNCIA: ponto eletrônico on line, em tempo real, para todo o serviço público

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A folha de pagamento dos funcionários públicos do Brasil é imensa, cara e injustificada para muitos setores aos olhos da população. É preciso controlar estes servidores, como qualquer empregado privado é controlado, para reavaliar a necessidade de suas existências, bem como suas competências técnicas e morais para ocuparem cargos públicos.

Acredito que um serviço de PONTO ELETRÔNICO, com uma CÂMERA DE MONITORAMENTO FOCADA SOBRE O PONTO on line em tempo real, de acesso a todos os cidadãos, pode ajudar a disciplinar a conduta daqueles que se encabidaram no serviço público esquecendo que é um trabalho para a comunidade.

Aos bons funcionários isto nada mudará, pois eles estão lá trabalhando em seus lugares e horários definidos em contrato, para atender à população.

Os bons funcionários serão vistos e valorizados pela comunidade.

Os incompetentes e irresponsáveis serão identificados, e daí corrigidos ou eliminados da folha de pagamento pública.

A incompetência, o mal atendimento, as ausências, a morosidade, a burocracia inútil, a corrupção em todos os níveis, as trocas de favores já são apenas o esperado pela população dos funcionários públicos em geral.

Só exemplos:

O médico nunca está no plantão quando o doente chega no posto de saúde, mas está sempre em emergência em algum lugar. On line saberemos se ele realmente chegou em algum Posto de saúde. Se está trabalhando e onde está, no exato momento da demanda.

O alvará da Prefeitura nunca fica pronto e não há prazo. Qual o funcionário encarregado? Onde está? Tem faltado? Quantos alvarás ele liberou na última semana? Se não faltou, o que está fazendo então? Está sobrecarregado ou distraído?

A vigilância sanitária nunca termina o laudo e não há prazo. Sobrecarregada? Trabalhando? Todos verão a verdade e o problema será melhor resolvido.

O INCRA não tem prazo para nada e enquanto você espera a Lei vai mudando. Não dá: tem que ter prazo. Como nos demais: estão trabalhando? Quantos projetos liberaram/analisaram? Respeitaram a ordem dos protocolos de entrada?

O professor sempre está cansado, mas sempre está no café. Ou ainda "trabalha melhor em casa". E as crianças, adultos estudantes e jovens? Professor trabalha na sua instituição. Deve estar disponível para seus pares, alunos e para a comunidade durante seu horário contratado e publicamente divulgado.

O motorista está sempre ocupado a serviço de outro funcionário. Onde está com o veículo? 100% dos CARROS COM  RASTREADORES .

CONTROLE POR PONTO ELETRÔNICO DE TODOS. É preciso controle e o controle mínimo é o da presença destes funcionários nos seus locais de trabalho pelo tempo que são pagos para estar neste trabalho. Vivemos em um mundo informatizado, mesmo os funcionários de campo podem prestar conta de onde estão, com os carros dos seus órgãos ou não, e fazendo o quê no horário contratado pela população por um celular, GPS/rastreador ou computador.

Exceção apenas para polícias com seus espaços, salas de atendimento e exame da saúde e banheiros, ideal seria o controle ON LINE de todos os espaços públicos com seus servidores, disponível em tempo real para qualquer um via internet.

Isto acabaria também com os roubos e depredações comuns às escolas e espaços de saúde em seus períodos fechados - a comunidade poderia estar monitorando a escola do bairro, ou a creche, ou a UPA.

Por que não? Há algo para esconder nas circulações, recepções, veículos, estacionamentos e acessos dos órgão e serviços públicos? Não há. Se há tem que ser corrigido, pois está errado.

As regalias sem fim, as liberdades desmedidas, as faltas de metas e de prestação de contas à comunidade já deixaram de assustar quem paga impostos, o mal uso dos espaços, a depredação diária dos prédios e objetos, o uso equipamentos públicos em benefício pessoal em hora de trabalho ficaram corriqueiros.

O brasileiro se habituou a custear as despesas públicas sem exigir um mínimo de trabalho, de resultados, em troca. Criamos uma "mini corte" de parasitas mimados que abafam e desestimulam rápido os funcionários competentes. Precisamos mudar para mudar o país e seus maus hábitos.

É preciso CONTROLA E COBRAR. É preciso cortar pessoal e fazer quem permanecer cumprir a função para qual se propôs com eficácia.



Hoje: ELYANA GARRIDO está contando com você!

ELYANA GARRIDO JOERKE precisa do seu apoio na petição «ministério publico: TRANSPARÊNCIA: ponto eletrônico on line, em tempo real, para todo o serviço público». Junte-se agora a ELYANA GARRIDO e mais 16 apoiadores.