Planos de saúde com reajustes limitados à inflação oficial

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A Agência Nacional de Saúde determinou um reajuste de 13,5% nos planos de saúde individuais deste ano, um índice absurdamente fora da realidade econômica da população brasileira. Salários e aposentadorias receberam reajustes na média de 1%. Essa decisão da ANS, que foi prontamente aplicada por todas as operadoras de planos de saúde, fere todos os cidadãos usuários de planos de saúde num país em que a saúde pública é caótica, principalmente os idosos. Pedimos intervenção urgente do Ministério Público Federal junto à ANS obrigando-a rever esse aumento abusivo, em defesa de todos os cidadãos brasileiros. Um grande cancelamento de contratos de seguros de saúde só vai levar o Sistema Único de Saúde a entrar em colapso total com mais rapidez. 



Hoje: Maria de Fátima está contando com você!

Maria de Fátima FONSECA precisa do seu apoio na petição «Ministério Público Federal: Planos de saúde com reajustes limitados à inflação oficial». Junte-se agora a Maria de Fátima e mais 7 apoiadores.