Pela vida dos alunos, familiares e profissionais da Educação - município do Rio de Janeiro

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Nós profissionais da Educação do município do Rio de Janeiro estamos cientes dos prejuízos ocorridos para o ano letivo de 2020, mas diante da situação global que se estabeleceu com a pandemia em relação ao coronavírus e, em especial, aos dados alarmantes e extremamente dolorosos em relação aos infectados com esse vírus e óbitos em relação à COVID-19 em nossa cidade, consideramos inapropriada e  insensata o retorno às aulas no dia 10 de novembro, visto que o ano letivo se encerrará em um pouco mais de um mês.
O risco que alunos (e seus familiares) e profissionais da Educação (e seus familiares) estarão correndo de contrair o coronavírus e alguns até virem à óbito, por causa da retomada das atividades escolares, é real. Somado ao fato de que faltarão apenas 5 semanas para a finalização do ano letivo, esses são motivos que justificam a não retomada às aulas nesse município, no dia 11 de novembro, ordenada pelo Prefeito Marcelo Crivella. Precisamos que o Ministério Público Estadual e o Ministério  Público Municipal do Rio de Janeiro impeça essa ordem que, infelizmente, será fatal para algumas pessoas.