DESCOMISSIONAMENTO E RECUPERAÇÃO DE TODAS AS BARRAGENS CONSTRUÍDAS SOB O MÉTODO A MONTANTE

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


A ARCA AMASERRA - Associação para Recuperação e Conservação Ambiental – CNPJ: 09.004.764/0001-20, sediada, em Brumadinho – MG (www.amaserra.org), os cidadãos residentes nas áreas sob riscos das barragens e os cidadãos que se solidarizam com todos os atingidos pelas tragédias ocorridas em Brumadinho, Nova Lima e Mariana abaixo assinados, se valem do presente documento perante às autoridades competentes EXIGINDO:

DESCOMISSIONAMENTO e REABILITAÇÃO AMBIENTAL de todas das barragens: Vallourec, Piedade Paraopeba, Vale, Complexo do Córrego do Feijão e Jangada, Trafigura, Mineração Mina do Ipê; cabeceiras: manancial Rio Manso, MGB, Mina de Casa Branca, Comisa, Ribeirão dos Queias, Emicom, construídas pelo método de alteamento a montante e/ou atualmente inativas.

JUSTIFICATIVA

Com a única finalidade de obter lucros cada vez maiores, mineradoras optam por construir contenções pelo arriscado método de alteamento a montante por serem, comprovadamente, o método mais barato, não importando os constantes riscos de arrasamento ambiental e de destruição de vidas. E foi assim, respaldado por “laudos que garantiam sua segurança”, que o rompimento da barragem de Brumadinho ceifou centenas de vidas humanas, milhares de espécies animais, contaminou rios e nascentes, transformou a exuberante e rica vegetação em um mar de lama fétido guardando, talvez, para a eternidade, restos de corpos humanos que, sequer, terão o direito de serem recebidos pelos seus familiares.

É contra este descompromisso com a vida, em nome destas famílias destruídas, em defesa da fauna e da flora e para que não mais vivenciemos tragédias como esta que EXIGIMOS AÇÕES IMEDIATAS E DEFINITIVAS! Queremos que as mineradoras existam sim, dando emprego, gerando impostos, mas que isto não nos custe, NUNCA MAIS, UMA VÍTIMA. Certificados de estabilidade emitidos por empresas internacionais garantiram segurança? Não! Notas de pesar, pedidos de desculpas, promessas de investigação, multas, pseudo amparo às famílias, amenizaram as perdas? Não! Porque não ressuscitam vidas, não reconstroem meio ambiente. Com o passar do tempo se resumirão a mais uma história de terror até que surjam novos protagonistas e novas tragédias. A isso, nós, abaixo assinados, dizemos: BASTA!

#TragediaDeBrumadinho #barragens #MarDeLamaNuncaMais