VUNESP - Exigimos respeito aos candidatos!!!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


No último Domingo (01/09/2019), diversos candidatos ao concurso público que visa preencher os cargos de Auxiliar Técnico de Educação da SME/SP (Secretaria Municipal de Educação), saíram de suas casas enfrentando chuvas torrenciais, engarrafamento, redução de transportes públicos e longos trechos, com o único objetivo de participarem de um certame que vos dariam a oportunidade de ingressar num cargo público.

Após serem submetidos a condições degradantes em trajetos e condições climáticas desfavoráveis, realizaram uma prova com cinco horas de duração. Na segunda-feira (02/09/2019), foram surpreendidos pela falta de preparo de uma banca de concursos com mais de trinta anos de tradição, à FUNDAÇÃO VUNESP, que se dirigiu por meio de uma carta eletrônica, informando que a prova seria anulada devido à falta de energia em dois prédios que receberam parte dos candidatos.

Posteriormente através de canais oficiais à FUNDAÇÃO VUNESP informou que TODOS OS CANDIDATOS DEVERÃO REFAZER A PROVA, no entanto, foram registradas ausências de até 60% dos candidatos em algumas salas. A banca organizadora e a SME/SP estão preocupadas com “os princípios norteadores do concurso”, devemos entender que o respeito, comprometimento dos candidatos presentes, dedicação e a responsabilidade não são estes princípios? A FUNDAÇÃO VUNESP não exige das “instituições parceiras” que suas salas tenham geradores de energia, mesmo sabendo que as chuvas são corriqueiras na cidade de São Paulo e a falta de energia é recorrente?

Os candidatos PRESENTES no certame defendem uma prova substitutiva para os candidatos que de fato foram prejudicados pela falta de energia.

Exigimos respeito para com aqueles que estiveram presentes e respeitaram o que dispõe o item 7.6. e 7.7 do edital, em caso de outra prova, EXCLUSÃO DOS CANDIDATOS AUSENTES na prova de 01/09/2019. A FUNDAÇÃO VUNESP não tem direito de causar danos morais e materiais aos candidatos que foram prejudicados pela sua negligência.