Contra a Redução da Pena de Cabral e Cortes por Delação. Eles Têm que Ficar Presos!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Cabral e Sergio Côrtes TÊM que ficar presos, NÃO podem ser liberados por delação.

A Operação Fatura Exposta mostrou que a ganância de alguns políticos e empresários não tem qualquer limite ou mesmo compaixão. Foram mais de 300 milhões desviados em apenas um tipo de operação da Secretaria de Saúde. Isso enquanto pessoas eram atendidas em corredores de hospitais e morriam na fila da UTI.
O instrumento da delação premiada tem ajudado, em muito, as investigações de corrupção em nosso país.
Mas chega uma hora que tem que haver um limite. Pessoas como Sergio Cabral e Sergio Côrtes não podem ter suas penas atenuadas por conta de uma delação, não importa o que quer que esses dois (e todos os demais envolvidos nas fraudes da Secretaria de Saúde), tenham a dizer ou delatar.
Para que a Lavajato e outras investigações semelhantes tenham o efeito que desejamos, é imperativo que esses monstros sejam obrigados a devolver todo o patrimônio obtido de forma ilícita e que fiquem na prisão por um longo período. Além disso, ficou muito claro nas gravações do Sergio Côrtes, que ele não pretende delatar tudo que sabe, mas apenas uma pequena parte das operações e um pequeno grupo de envolvidos. A razão é óbvia: assim ele mantém um grupo de amigos no poder para que continuem sustentando sua vida nababesqua.
Só assim seremos capazes de inibir outros esquemas como esse. É preciso dar o exemplo, pois ter essas pessoas soltas após 1 ano de prisão com uma tornozeleira para curtir os milhões roubados em finais de semana em Angra, não vai resolver nada.
Assine abaixo se quer que o Sergio Cabral e Sergio Cortês cumpram suas penas, devolvam o patrimônio roubado e sirvam de exemplo para outros corruptos que existem por aí.



Hoje: Lele está contando com você!

Lele Pimentel precisa do seu apoio na petição «Ministério Público : Contra a Redução da pena por delação premiada de Cabral e Cortes.». Junte-se agora a Lele e mais 62 apoiadores.