Vitória confirmada

Ministério da Saúde: divulgue os dados corretos do coronavírus, chega de omissão!

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 994 apoiadores!


Em meio à disparada de mortes pelo novo coronavírus no Brasil, em que o país é o segundo com maior número de infectados no mundo, o Ministério da Saúde impôs um verdadeiro apagão de dados.

Desde o último sábado, dia 06 de junho, só é possível encontrar no site oficial do Ministério da Saúde os dados referentes às notificações das últimas 24 horas. Não é mais possível consultar os dados gerais acumulados, como número total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no país desde o início da pandemia e o acumulado de óbitos provocados pela Covid-19. Também foram apagadas do site as tabelas com a curva de evolução da doença desde que o Brasil registrou seu primeiro caso.

Na sexta-feira, os dados foram ocultados e o site do painel do coronavírus do Ministério da Saúde exibia o texto de "Portal em manutenção". No entanto, especialistas fizeram uma análise e demonstraram o contrário: estava tudo funcionando normalmente, apesar da mensagem publicada.

Associações científicas, Secretários de Saúde, Judiciário, entidades da sociedade civil e imprensa nacional e internacional criticam a ocultação de dados. O ex-ministro Mandetta classifica o fato como uma “tragédia”.

Além disso, o governo começou a divulgar os dados diários por volta das 22h (na gestão de Mandetta e Teich acontecia entre 17h e 19h) dificultando o acesso à informação pela imprensa. Ao ser questionado, o presidente Jair Bolsonaro afirmou: “Acabou matéria no Jornal Nacional”.

Os números do Brasil chegaram a desaparecer por algumas horas da plataforma americana que é referência mundial e monitora o avanço do vírus em 188 países, a Universidade Johns Hopkins.

Essa decisão desastrosa do governo brasileiro de ocultar os dados está colocando o país ao lado da Coreia do Norte e Venezuela, regimes autoritários que não divulgam seus números de infectados e mortos pelo novo coronavírus.  Contrariando a Constituição Federal, a Lei de Acesso à Informação e as boas práticas de transparência pública.

Apagar esses números é também apagar a memória de cada vida perdida nessa pandemia e nos colocar ainda mais em risco, pois não sabemos o que, de fato, está acontecendo no nosso país. Chega de omissão de informações! Queremos transparência já! Os números corretos, diários e acumulados, precisam ser acessíveis e disponíveis no site do Ministério da Saúde! 



Hoje: Bruno está contando com você!

Bruno Ribeiro precisa do seu apoio na petição «Ministério da Saúde: divulgue os dados corretos do coronavírus, chega de omissão!». Junte-se agora a Bruno e mais 993 apoiadores.