Nota de Repúdio

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


No dia 05 de julho de 2017, eum reunião na cidade de Aparecida de Goiânia, integrantes do grupo de trabalho e membros dos povos de comunidades de matriz africana, vem através desse, repudiar o projeto EGBES, proposto pela Federação de Umbanda e Candomblé do Estado de Goiás no ano de 2017, tendo em vista que não houve um chamamento publico para as comunidades participarem das discussões da formulação, metodologia e execução do projeto EGBES. Assim sendo, as comunidades aqui presentes e suas representatividades mediante ao projeto o repudiamos.
Aparecida de Goiânia, 05 de julho de 2017

Segue em anexo as assinaturas das representações presentes:
Raimundo Nonato - ILe ILEKE OMIM ASÉ OYA
Mariléia Laspilla – Movimento AGô / ASÉ DAN FE ERÔ
Luis Machado – AFOXE OMO ODÊ / Associação Mestre Bimba / ILÊ AXÉ OJU ODÊ
Maria Carolina Dias e Silva / Assessoria Especial de Direitos Humanos de Aparecida de
Goiânia
João Batista – Coordenador de Igualdade racial de Aparecida de Goiania
Rejane Costa – ILÊ ASÉ ONILEWA AZANADO
Forum de religiões de matriz africana do estado de Goiás
ILÉ OYA IZO
União dos povos de terreiro do Estado de Goiás
Isabel Cristine Dias
André Luis – Ordem iniciatica do planalto Central
Mateus Vitorino – Nzo Tumbansi / Ilabantu



Hoje: Luiz está contando com você!

Luiz Alves precisa do seu apoio na petição «matheusvitorino3@gmail.com: Nota de Repúdio». Junte-se agora a Luiz e mais 53 apoiadores.