Abaixo-assinado encerrado

Pela gratuidade da vacina contra HPV para todos!

Este abaixo-assinado conseguiu 815 apoiadores!


O que buscamos com essa petição é a liberação da vacina contra HPV para todas as pessoas de todas as idades. Atualmente cada dose em uma clínica particular custa em média R$400,00, nem todos tem condições de pagar.

As pessoas contempladas com a vacina fora da faixa etária são apenas portadores de HIV até os 26 anos. Se tiver mais idade, mesmo imunodeficiente, não terá direito a vacina, o que é um absurdo!

Em 2014, o Sistema Único de Saúde (SUS) lançou uma campanha nacional para imunizar meninas de 11 a 13 anos contra o HPV. A vacina aplicada no Brasil é a quadrivalente, recomendada pela Organização Mundial da Saúde, com eficácia de 98%, protegendo o indivíduo dos tipos 6, 11, 16 e 18 da doença.

A vacina contra o HPV previne a transmissão do vírus causador do câncer do colo do útero, contraído por relações sexuais, contato direto com peles ou mucosas infectadas e no momento do parto.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina protege, em até 98,8%, contra quatro subtipos do HPV, sendo que dois deles são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo de útero em todo o mundo.

No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) prevê o surgimento de 15 590 novos casos desse tipo de câncer e aproximadamente 4 800 óbitos apenas neste ano.

É preciso entender que a vacinação é uma ação preventiva. Ela vai proteger dos tipos de HPV (6, 11, 16 e 18) com os quais a pessoa ainda não entrou em contato.

Geralmente, as verrugas são ocasionadas pelos tipos menos oncogênicos. Dessa forma, mesmo que a pessoa já teve verrugas vaginais poderá se beneficiar da vacina para protegê-la dos tipos mais oncogênicos, se ela ainda não entrou em contato com esses agentes.

Por que a infecção pelo HPV preocupa?

É a DST mais frequente, cerca de 50% da população sexualmente ativa vai entrar em contato com o HPV em algum momento da vida.

No mundo todo acredita-se que aproximadamente 30milhões de pessoas tenham verrugas ocasionadas por HPV, aproximadamente 10 milhões de mulheres tenham lesões intra epiteliais de alto grau no colo uterino e 500 mil casos de câncer do colo uterino.

O INCA (Instituto Nacional do Câncer) informa a ocorrência de 18.000 casos novos de câncer do colo uterino no Brasil a cada ano, e que aproximadamente 4.000 mulheres morem de câncer do colo uterino no Brasil.

A vacina pode proteger contra outros tipos virais de HPV além dos tipos contidos na vacina?

Sim. Os estudos mostram que existe proteção cruzada ou seja a vacina protege contra outros tipos de HPV.

Se tenho HPV posso tomar a vacina?

Pode. Porém a vacina não vai proteger contra o HPV que a pessoa está infectada.



Hoje: Nayana está contando com você!

Nayana Brito precisa do seu apoio na petição «Liberem a vacina contra HPV para todas as idades». Junte-se agora a Nayana e mais 814 apoiadores.