Justiça para Josué

Justiça para Josué

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 150.000!


Josué Nogueira, de apenas 16 anos, foi morto com um tiro na cabeça na madrugada do dia 19 de julho na Vila Anália, em Montes Claros, Minas Gerais. O adolescente foi sepultado na segunda-feira, mesmo dia em que o suspeito do crime foi solto

Um agente penitenciário foi autuado em flagrante pela Polícia Militar logo após o homicídio. Mas autorizado em seguida a aguardar o julgamento em liberdade.

Josué foi assassinado no meio da rua. “Foi covardia. Ele atirou no menino pelas costas”, afirma o operário Antonio José Nogueira, pai de Josué.  

Além de todo o sofrimento pela perda e pela soltura do suspeito, a família ainda tem que lidar com o racismo nas redes sociais. A tia de Josué disse: “Uma pessoa comentou que, pelo aspecto do meu sobrinho, ele era drogado e vagabundo, deixando a entender que, por isso, o agente penitenciário deveria ter feito o que fez com ele. Mas então, se ele fosse branco, talvez, a mesma pessoa achava que o agente não deveria ter agido desta forma, ao tirar a vida de um inocente?”.

É revoltante que isso esteja acontecendo! Que sejam tomadas as providências cabíveis, que a investigação seja justa e que o responsável seja punido pelo crime que cometeu! 

Ajude o caso de Josué a ter a visibilidade que ele merece! Justiça para Josué!