Abaixo-assinado encerrado

Pelo fim da lei do FAROL BAIXO

Este abaixo-assinado conseguiu 21 apoiadores!


Está nitidamente na cara que esta nova lei visa um aumento de arrecadação. A lei federal entrou em vigor em 8 de julho e determina que o farol baixo seja usado em todas as rodovias, mesmo durante o dia. No primeiro mês de validade da regra, entre 8 de julho e 8 de agosto, a Polícia Rodoviária Federal registrou 124.180 infrações nas rodovias federais.

A lei não apresenta caráter educativo e sim somente punitivo. Já que mesmo carros que possuem a luz diurna de uso o DRL (em inglês Daytime Running Light), projetado exatamente para este fim, é ignorado e multado pela polícia do estado do Rio Grande do Sul.

A falta se sinalização em rodovias em perímetro urbano também contribui para o fim arrecada tório, não educativo desta lei. Secundariamente o farol aceso se mostra uma “artimanha” arrecadatória quando os radares de velocidade se mostram muito mais eficientes em registro de velocidades quando o farol de carros esta aceso.

A lei é eficiente em países com baixa incidência de luz. Como Suécia é Noruega. Mas não se mostra necessária em um país com alta incidência de sol como o Brasil. A luz aumenta a visualização sim como estudos feitos nos Estado Unidos da América comprovam. Mas este mesmo país não aplica esta lei justamente por não achar necessário devido à alta incidência de luz do país. Exatamente como no Brasil.

Em rodovias com mão dupla, com delimitação física entre as vias, o farol aceso é ineficaz, já que não existem veículos transitando em sentido oposto, e todos estarão trafegando no mesmo sentido, não existindo assim a possibilidade de colisão, mostrando-se mais uma vez só para fins arrecadatório em cima do povo.



Hoje: Alexsandro está contando com você!

Alexsandro Rosa precisa do seu apoio na petição «Justiça Federal: Pelo fim da lei do FAROL BAIXO». Junte-se agora a Alexsandro e mais 20 apoiadores.