Abaixo-assinado encerrado

Queremos tratamentos de imunoterapia para pacientes com câncer! Me ajude a salvar meu pai!

Este abaixo-assinado conseguiu 15.849 apoiadores!


Hoje, aproximadamente 500 mil casos de câncer são diagnosticados anualmente no Brasil. Infelizmente, meu pai faz parte desse índice com o tipo de câncer mais agressivo e mortal, o melanoma metastático, um tipo de câncer de pele que se espalha por órgãos vitais.

Minha família luta para salvar nosso pai, um homem forte, de 57 anos, que ama viver e não tem desistido desde que descobriu sua doença, em junho de 2016. A nossa única esperança de cura está em um tratamento NEGADO pela justiça. Sentimos como se nosso sistema judiciário tivesse condenado meu pai à morte ao negar a imunoterapia, o único tratamento que já curou 80% dos pacientes em estagio avançado da doença. 

A imunoterapia consiste em um tratamento que propõe romper os freios do seu sistema de defesa para que ataque com força total os tumores. O tratamento prescrito foi o Opdivo, no qual cada aplicação tem um custo médio de 18 mil reais. São aplicações quinzenais por três meses, e depois os exames são feitos novamente para verificar se os tumores diminuíram.

O que desejo com este abaixo-assinado é que todos tenham a oportunidade de ter acesso ao único tratamento que tem sido apontado como a salvação de muitas vidas.

Me ajude a salvar meu pai! Assine esta petição para que os órgãos de justiça responsáveis desengavetem os processos de solicitação desse tratamento e optem pela vida. O processo que está parado e que está suspendendo todos os processos em trâmite no Brasil sobre esse mesmo assunto está no Superior Tribunal de Justiça, e o número dele é Recurso Especial nº 1.657.156/RJ.

Meu pai quer viver e ver sua neta crescer! 



Hoje: thayse está contando com você!

thayse dos Santos izidro Mateus precisa do seu apoio na petição «Justiça brasileira, queremos os tratamentos de imunoterapia para pacientes com câncer! Me ajudem a salvar meu pai!». Junte-se agora a thayse e mais 15.848 apoiadores.