Queremos coleta seletiva em Ubatuba!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Ubatuba gasta cerca de 10% do orçamento anual com lixo, uma porcentagem significativamente mais alta do que a da capital paulista, que é de 2%.

Segundo dados da composição gravimétrica realizada em 2011 no município, o resíduo sólido domiciliar é composto por 53% de material orgânico, 35% é material passível de reciclagem e somente 12% são considerados rejeitos.

Ubatuba, assim como todas as cidades do litoral paulista, não tem áreas de aterros sanitários, e todos os resíduos coletados pela prefeitura são levados para outra cidade (o conhecido transbordo) e isso custa cerca de 23 milhões ao ano para o município. Esse dinheiro pode ser consideravelmente reduzido, pois paga-se o transbordo por quilo, e em épocas de temporada, esse gasto tende ainda a ser maior.

O transbordo não é uma política pública inteligente, uma vez que ao reciclar, o volume de lixo reduzido gerará menor gasto com transbordo e esse dinheiro poderá ser investido em mais caminhões para a coleta de reciclados (o único caminhão que existe está sempre quebrado) e na estruturação de pontos de coleta. De acordo com dados do site da prefeitura, o único ponto existente hoje está em condições precárias e foi fechado na pandemia.

Ubatuba conta com cerca de 95 praias, por isso é necessária uma política pública estruturada de coleta e destino do lixo reciclável, e que alcance toda a extensão do município. 

Para mostrar o alcance desta petição, se quiser coloque a praia que você frequenta depois do seu nome. Muito obrigado pelo apoio!