QUEREMOS A DIMINUIÇÃO DO SALÁRIO DE VEREADOR e REDUÇÃO DO NÚMERO DE VEREADORES NA CÂMARA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


Ilmo. Sr. Valdecir Alves Pereira

Presidente da Câmara de Vereadores de Hortolândia/SP

 

Nós, abaixo-assinados, munícipes desta cidade de Hortolândia/SP, vimos requerer de V.S.ª e de todos os nobres Vereadores desta Casa de Leis, a elaboração de projeto de lei (PL) com o objetivo de:

i) reduzir o número de vereadores para, no máximo, 15 parlamentares e,

ii) reduzir o subsídio (salário) recebido pelo parlamentar em, no mínimo, 30% (trinta por cento).

Tais reduções podem ser justificadas pela baixa produtividade legislativa dos parlamentares quanto na elaboração de leis de competência municipal e pela péssima atuação em face da fiscalização das atuações do Poder do Executivo Municipal, o que traz prejuízos enormes a toda população hortolandense.

Ademais, não podemos negar que nossos vereadores são os mais bem remunerados da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e possuímos uma das Casas Legislativas com o maior número de parlamentares.

Atualmente temos 19 Vereadores em exercício, recebendo como remuneração o valor mensal de R$ 11.458,34 (onze mil quatrocentos e cinquenta e oito reais e trinta e quatro centavos). (Fonte: Portal da Transparência da Câmara)

Durante 1 (um) único ano, somente com a folha de pagamento dos vereadores, nossa população arca com mais de 2,5 DOIS MILHÕES E MEIO DE REAIS.

Em razão disso, solicitamos de V.S.ª o máximo empenho e sensibilidade na apreciação deste abaixo-assinado online, o qual representa os anseios de todos os cidadãos desta cidade.

Na certeza que teremos nosso pleito atendido, encaminhamos este documento de forma digital assinadas por todos os cidadãos, em duas vias, a serem protocoladas em seu Gabinete.

Nesta oportunidade, nomeamos o Sr. Douglas Henrique de Oliveira, telefone (19) 9 8324-8106 (WhatsApp), idealizador do Projeto Cidadão Fiscalizador como nosso representante, caso sejam necessárias maiores informações.

 

                                                                            Hortolândia, 25 de Julho de 2019