Alunos da Engenharia Civil, em Defesa do Ensino a Distância – EaD

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Nós, alunos da Engenharia Civil do IFMG Campus Santa Luzia, não queremos perder o semestre!

Ao assinar esta petição admitimos possuir estrutura para acessar e elaborar vídeos, documentos, apresentações e entregas diversas. E nos comprometemos em trabalhar junto ao docente para seguir a disciplina da melhor maneira possível.

Segue abaixo o ofício elaborado pelo Diretório Acadêmico do curso:

"OFÍCIO 0024/2020 DA

Ao Instituto Federal de Minas Gerais - Campus Santa Luzia

A/C:

Vossas senhorias : Wemerton Luis Evangelista / Ramon Paes Guimarães / Ronaldo Gonçalves Pires

Assunto: Reavaliação do comunicado nº 2/2020/SLR-DGE/SLR/IFMG

Prezados,

Viemos através deste, colocar os nossos pareceres quanto a este comunicado. Entendemos que o Mundo passa por um momento delicado devido a pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19); é de fato que em primeiro lugar devemos preservar a saúde e cuidados com todos, entretanto, temos alguns assuntos relevantes que deverão ser levados em consideração, são eles:

1- Com a paralisação de 2015, fomos bastante penalizados, tanto a nível administrativo, quanto a nível de docência e discência; uma paralisação ocorrida há 05 anos, e estamos regularizando nosso calendário apenas nos dias atuais. Evidenciando o quão prejudicado ficaria o calendário dos cursos ofertados no campus com uma nova paralisação;

2- Visando a saúde de nossos alunos, notamos que o tempo ocioso em casa trará maior possibilidade de doenças mentais, tais como: depressão, angústia, melancolia, ansiedade e pânico. Entendemos que o fato da paralisação de um curso, por causa de uma pandemia, poderá ocasionar maior desespero e frustração emocionalmente. Já estamos recebendo notificações, por exemplo, da turma de formandos que tem a previsão de formatura meio do ano e a próxima também que mostrou grande decepção sem falar na quantidade de alunos que temos irregulares no curso;

3- Diante a portaria do MEC 345/2020 Art. 1º estamos cientes de que tal instituição reavaliará tal tomada de decisão em prol de sua comunidade. A realização de aulas “EAD” (educação a distância) ou até mesmo em outras plataformas como muitos dos professores já vem utilizando. Assim, neste período de confinamento, podemos dedicar nosso tempo à atividades escolares tais como: assistindo vídeo aulas; realizando atividades; estudos dirigidos; entre outros.  Entendemos que realmente possa existir alguém na esfera administrativa, docentes, ou discentes que não esteja preparado para tal modalidade e visando este fator, deixamos em aberto para que estes, possam ter a possibilidade de: realizar outras tarefas no campus (administrativos ou docentes) e o trancamento da matrícula ou para aqueles que não tem acesso a Internet, sugerimos a utilização dos laboratórios do campus em um dia da semana, seguindo as orientações propostas pelo Ministério da Saúde, mantendo distanciamento entre as pessoas e realizando a higienização dos equipamentos antes e após a utilização, para que estes possam ter acesso (discentes), não é justo que todos sejam penalizados;

4- Durante o curso tivemos vários acessos a diferentes plataformas de ensino, tanto pelo: MeuIfmg, Classroom, e-mails, grupos do Google, vídeos do youtube, sites que foram nos passados para que possamos utilizar como uma de nossas ferramentas de estudo. Além disso, durante o período de isolamento, várias plataformas, antes pagas, foram liberadas para uso gratuito, no intuito de viabilizar o ensino e reuniões à distância, a exemplo dos sistema Zoom e Google Hangouts Meet. Então temos ciência de que vários da nossa comunidade tem a capacidade de realizar as “EADs”, vale salientar que o mundo em que vivemos, caminha para a tecnologia; a agregação da “EAD” proporciona facilidade ao acesso ao conhecimento a mais.  Colocamos enquanto representação estudantil a disposição: através de grupos, através de reuniões online para que possamos orientar aos discentes o uso da tecnologia;

5- Diante ao exposto de alguns docentes não possuírem tal afinidade com ‘EAD”, propusemos que estes sejam liberados na oferta da disciplina e que sejam ofertadas aquelas que possam diminuir o tempo no calendário acadêmico; pois com o retorno das aulas, conforme outros países, será por tempo superior a 30 dias chegando até 3 meses ou mais conforme visto na China, ou seja, a recuperação do calendário não será possível neste ano. Sugerimos que seja realizado um levantamento junto aos docentes a possibilidade de algumas matérias serem ofertadas, pois assim já aliviamos para que outras matérias serem ofertadas presencialmente contínuas ou em módulos como foi realizado em Segurança do Trabalho e Barragens.

Nós, os discentes, sabemos da capacidade de nossos mestres e agentes administrativos e temos a ciência que neste momento delicado vocês irão pensar e avaliar em todo o contexto. Entendemos a necessidade de mantermos distanciamento social neste período e ao mesmo tempo temos a necessidade de continuarmos nossos estudos. Por fim, agradecemos a atenção recebida e colocamo-nos à disposição para quaisquer dúvidas.

Atenciosamente,

Santa Luzia, 24 de março de 2020.

Lany Martins de Siqueira

Presidente DA CIVIL"