Ajustes de Mensalidade ou Cancelamento de Semestre

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Esta é a terceira tentativa em obter uma resposta digna da instituição:

Nós, alunos e alunas das turmas presenciais do Centro Universitário IESB, como todos, estamos sendo afetados pela ameaça do novo coronavírus, somos solidários aos esforços da instituição em não prejudicar a saúde de qualquer aluno, professor ou funcionário em cumprimento ao decreto do GDF. Entendemos que a situação atual seja incomum e incida como um desafio sobre os ombros de todos.

Ao longo dos próximos dias, os alunos da instituição permanecerão em casa: Atividades como o Trabalho de Conclusão de Curso e o Projeto Integrador serão prejudicadas, não serão a nós proporcionados os equipamentos (computadores, câmeras fotográficas, filmadoras, estúdios, laboratórios etc) - inviabilizando, por exemplo, a produção de material para a execução dos projetos, além de reuniões com os clientes e pesquisas de campo, concluímos - também - que os gastos embutidos na mensalidade referentes à atividade presencial (água, luz, manutenção, material de limpeza etc.) não existirão. É improvável que o rendimento das matérias realizadas via internet seja o mesmo que as presenciais - as quais pagamos para ter.

Embora o IESB continue exigindo aos estudantes a entrega de trabalhos práticos elaborados, a quarentena não permite que desfrutemos da estrutura que a faculdade oferece. Assim, tendo em vista que o preço cobrado nas matérias online é consideravelmente mais baixo, solicitamos o Centro Universitário IESB ajuste a mensalidade cobrada no presencial durante o período de quarentena ou cancele o semestre em respeito à integridade do ensino que oferta e a cada um dos alunos que integram o corpo estudantil.

IESB, parafraseando o slogan: nos cobre pela teoria e nos forneça uma prática descente depois disso tudo.