Grupo Irujo pague os direitos trabalhistas da Polystar.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A família Irujo se recusa a pagar as indenizações dos funcionários da Polystar. A empresa fechou às portas dia 23 de março mandando todos os funcionários aguardarem em casa sem pagar salários, e os direitos trabalhistas e sem dar baixa nas carteiras.



Hoje: Funcionários da Polystar desligados SÓ QUE NÃO. está contando com você!

Funcionários da Polystar desligados SÓ QUE NÃO. precisa do seu apoio na petição «Grupo Irujo: Grupo Irujo pague os direitos trabalhistas da Polystar.». Junte-se agora a Funcionários da Polystar desligados SÓ QUE NÃO. e mais 87 apoiadores.