EPI’s e ADICIONAL DE PERICULOSIDADE aos profissionais envolvidos no combate ao Coronavírus

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


PROFISSIONAIS DE SAÚDE (médicos e enfermagem), tem se dedicado com compromisso e responsabilidade na luta e combate ao Coronavírus no país.

MUITOS TEM TRABALHADO EM CONDIÇÕES PRECÁRIAS, sem material e EPI’s (equipamentos de proteção individual) suficientes, comprando suas próprias máscaras, luvas e viseiras!
ESSA SEMPRE FOI A REALIDADE DO NOSSO PAÍS E AGORA SÓ AGRAVA!

Houve proposta de diminuição da remuneração para os servidores em home office, mas em nenhum momento foi pensado em INCENTIVOS!

O adicional de periculosidade é um valor devido ao empregado exposto a atividades periculosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

A NR 6 (Norma regulamentadora relativa à segurança e medicina do trabalho), descreve as obrigações do empregador em adquirir o EPI adequado ao risco de cada atividade;

SOLICITAMOS, assim, por solidariedade, os EPI’s e INCENTIVOS FINANCEIROS àqueles que estão na “linha de frente” desta guerra: OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE! 

Pela dedicação e valorização do trabalho de quem está colocando-se em risco constante e ainda, pelo risco envolvendo seus familiares que estão confinados à espera do passar dessa crise, pedimos que haja um adicional de PERICULOSIDADE A ESTES PROFISSIONAIS, até como forma de INCENTIVO E GRATIFICAÇÃO A ESSES HERÓIS QUE ESTÃO PERMANECENDO em EXPOSIÇÃO CONSTANTE por nós e para nós durante essa crise no Brasil!