Em defesa da Avaliação de Tecnologias em Saúde

Em defesa da Avaliação de Tecnologias em Saúde

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!
Com 2.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!
Ilera Bahia criou este abaixo-assinado para pressionar Governo Federal

Interessados em ATS manifestam seu apoio irrestrito ao Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologia em Saúde e Inovação em Saúde (DGITIS) de possíveis ameaças no uso de evidências de científicas e do processo de ATS.

Participamos e acompanhamos os avanços do uso de evidências científicas para incorporação de tecnologias no SUS. Esforços e trabalhos árduos para garantir tecnologias seguras e custo-efetivas para nossa população, sabendo que o primoroso processo de estudo de avaliação de tecnologias é guardião dos interesses públicos. Pautando-se por altos princípios técnico-científicos e bioéticos.

Acompanhamos as atividades do DGITIS para atender às demandas e atividades da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia no SUS). Somos testemunhas dos trabalhos de alto desempenho executados pelo DGITIS, norteados em critérios técnicos e com compromisso com a saúde dos brasileiros, alcançando respeito internacional e sendo referência para instituições de ATS no mundo. Nosso respeito e apoio ao corpo técnico do DGITIS, que vem atuando de maneira ágil e irretocável.

Assim, manifestamos nossa imensa perplexidade em ler notícias com ameaça às estruturas que ao longo dos anos foram construídas. As notícias veiculadas* com possível indicação política de um dirigente que, de antemão, indica não respeitar as evidências científicas em prol de vontades políticas causam enormes preocupações. 

Esperamos que os interesses do SUS sejam preservados dessa ameaça iminente, que as competências técnicas sejam resguardadas e sobreponham qualquer interesse político.

*https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2022/01/biologo-pro-cloroquina-e-cotado-para-assumir-comissao-que-avalia-tratamentos-do-sus.shtml

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!
Com 2.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!