EM DEFESA DA ESCOLA ESTADUAL JOVITA GONÇALVES DA SILVA- SANTA BÁRBARA DE GOIÁS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


               A Escola Estadual de 1º Grau foi criada por força da Lei Estadual nº 8.437/78, tendo sido denominada Escola Estadual de 1º Grau de Santa Bárbara de Goiás. No dia 22/09/1980, a Lei Estadual nº 8.898/80, alterou o nome da Escola, passando a ser denominada Escola Estadual de 1º Grau Jovita Gonçalves da Silva. Nossa Escola já preparou milhares de pessoas que chegaram a ocupar importantes cargos na política local, outros se formaram, sendo grandes profissionais a serviço da comunidade.

                A Escola Estadual Jovita Gonçalves da Silva tem história e não é por mazelas da Administração do Estado, em gestões anteriores que poderá acabar com essa história de educação de qualidade e amor para com a comunidade de Santa Bárbara de Goiás.

                Senhor Governador, a educação é a mola mestra do desenvolvimento, ao abrir ou construir uma escola, é como fechar um presídio, pois a liberdade está no conhecimento. Os governantes devem apoiar todos os ciclos escolares, investindo nas crianças e professores para que as próximas gerações sejam mais eficientes, mais idealizadoras e responsáveis.

                O povo de Santa Bárbara de Goiás, pais, servidores, ex-servidores e também aqueles que já passaram pelos bancos da Escola Estadual Jovita Gonçalves da Silva clamam pela sua permanência, é um patrimônio da comunidade de Santa Bárbara de Goiás e também do Estado de Goiás. Os ideais de luta começam nos bancos das escolas, Vossa Excelência como médico sabe exatamente a importância de se manter as crianças nas escolas. Como Governador do Estado tem a obrigação moral dar suporte a todas as escolas, munindo-as de uma estrutura mínima para uma educação de qualidade.

                 Diante disso, Senhor Governador, nós, abaixo-assinado rogamos encarecidamente pela manutenção e funcionamento da Escola Estadual Jovita Gonçalves da Silva e rogamos ainda para ampliação do ensino ofertado, visto que a escola oferece o Ensino Fundamental segunda fase (6º ao 9º Ano), porém não temos permissão para fazer o reordenamento para turmas de 8º e 9º ano.

 

INVESTIR EM EDUCAÇÃO É TRANSFORMAR A VIDA.