Não a privatização da RJ 106

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A concessão da rodovia estadual RJ 106 está sendo discutida pelo Comitê Gestor do Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas (Propar). 

Os lotes de concessão foram divididos em três grupos, que englobam diferentes regiões do estado.

O lote Litoral Norte engloba os 213 km da Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106), fazendo a conexão entre São Gonçalo e Macaé, passando pela Região dos Lagos, com destaque para o trecho entre Rio das Ostras e Macaé, além dos acessos a Armação dos Búzios e Cabo Frio.

No grupo 1, o lote Sul Fluminense abrange as rodovias RJ-127, RJ-145 e RJ-155, que se ligam à Dutra (BR-116) e à Rodovia Aço (BR-393). Já o lote Eixo Centro-Noroeste é formado pelas RJ-122, RJ-158, RJ-160 e RJ-186, que beneficiam municípios como Cachoeira de Macacu, Itaperuna, Bom Jesus de Itabapoana, entre outros. 

O grupo dois abrange as Vias Metropolitanas: a RJ-103 Transbaixada, que ainda será construída; a Via Light (RJ-081), com um novo trecho de 7 km; e a Linha Vermelha (RJ-071) com 6 km a mais que o trajeto original. O grupo três será formado pela nova rodovia, a RJ-244, com aproximadamente 45 km de extensão e que vai ligar a BR-101 na altura de Campos até o município de São João da Barra, onde fica o Porto do Açu.

Nós,  moradores das cidades envolvidas, nos posicionamos  veementemente contra a mais um pedágio, sendo que já pagamos um custo alto na Via Lagos. Pensamos que mais uma cobrança irá inclusive interferir negativamente no Turismo local. 

 



Hoje: SOS Praia da Tartaruga e do Abricó está contando com você!

SOS Praia da Tartaruga e do Abricó precisa do seu apoio na petição «Governador Pezão : Não a privatização da RJ 106». Junte-se agora a SOS Praia da Tartaruga e do Abricó e mais 21 apoiadores.