Inclusão da Construção Civil no decreto de quarentena do Estado de São Paulo

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Hoje (21/03/2020), o Governador João Dória (PSDB) determinou que irá decretar quarentena no Estado de São Paulo até o dia 7 de abril para impedir avanço do coronavírus (COVID-19). A medida obriga o fechamento do comércio e mantém apenas os serviços essenciais, como na área de Saúde e Segurança. A medida ainda não foi publicada no Diário oficial até o momento (21/03/2020), no entanto, no pronunciamento o Governador afirmou que o setor da Construção Civil não estará no escopo desse decreto, ou seja, milhares de trabalhadores da construção civil continuarão a transitar pelo Estado de São Paulo, POTENCIALIZANDO A TRANSMISSÃO DO VÍRUS. 

Esse abaixo assinado tem o objetivo solicitar ao governador João Doria a inclusão do setor da construção civil como objeto da quarentena no Estado de São Paulo, sobretudo na Região Metropolitana de São Paulo, que é o maior foco de propagação do vírus no Brasil.

Nesse momento, precisamos reunir esforços para que a vida desses trabalhadores e familiares esteja em segurança. Não ser coniventes com a ideia de que essas pessoas continuem circulando pelo Estado colocando suas vidas em risco. Todas as projeções apontam para um cenário catastrófico de infecção, que levará a um colapso no sistema de saúde. Se não tomarmos medidas firmes de quarentena esse cenário será cada vez pior e teremos que conviver com a dura realidade do falecimento de milhares de pessoas pela falta de atendimento.

Dito isso, pedimos encarecidamente para que o Governador João Doria inclua o setor da construção civil no decreto de quarentena. 

Por favor, divulgue, compartilhe esse abaixo assinado.