Vitória confirmada

Governador Geraldo Alckmin, vete a lei que proíbe garupa nas motos!

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 367 apoiadores!


O Deputado Etadual Jooji Hato (PMDB) criou uma lei para proibir garupas em moto. Esta lei foi aprovada pela Assembléia Legislativa em 2001 e vetada pelo governador Geraldo Alckmin e foi aprovada novamente pela Assembléia agora e seguirá novamente para sanção de Alckmin.

O texto prevê que o trânsito de motocicletas com dois ocupantes fica proibido de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h30 e das 23h às 5h. Sábados, domingos, feriados e demais horários estariam liberados. A proibição seria válida para áreas urbanas de municípios com a população superior a 1 milhão de habitantes (capital, Guarulhos e Campinas).

O objetivo do projeto é evitar a chamada "saidinha de banco", os assaltos durante a madrugada e "proporcionar mais segurança para os motociclistas". O projeto de lei também obriga o uso de capacetes e coletes com o número da placa da motocicleta afixado na parte de trás dos mesmos em dimensões e cor fluorescente que o mantenha legível, inclusive à noite.

Proibir o cidadão de circular com garupa não é a maneira correta de combater a violência. Não podem nos restringir de andar com passageiro em um veículo que comporta duas pessoas. No documento da motocicleta consta 2 passageiros e os impostos e seguro DPVAT são pagos para que o veículo circule com 2 passageiros.

O governador Geraldo Alckmin não pode assinar este atestado de incompetência. O Estado de São Paulo precisa buscar outras formas de combater a violência. Não é restringindo a circulação de veículos ou cidadãos que se combate a violência.

Daqui a pouco decretarão toque de recolher.

 



Hoje: Marcia está contando com você!

Marcia Melo precisa do seu apoio na petição «Governador Geraldo Alckmin, vete a lei que proíbe garupa nas motos!». Junte-se agora a Marcia e mais 366 apoiadores.