Abertura das academias em Mato Grosso

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Dado o momento crítico e inesperado por qual toda a população mundial está passando e, pensando num quadro econômico negativo que poderá agravar ainda mais a questão de saúde pública, nós Profissionais de Educação Física atuantes em academias e congêneres do Estado de Mato Grosso, encaminhamos este documento mui respeitosamente para expor a nossa situação e de nossos respectivos dependentes.

Atualmente temos 740 pessoas jurídicas (academias e congêneres) registradas junto ao Conselho Regional de Educação Física (CREF 17 MT) que empregam mais de quatro mil pessoas entre Profissionais de Educação Física, estagiários, seguranças, secretárias, funcionários da limpeza e contadores, todos dependentes exclusivamente dos atendimentos em seus respectivos estabelecimentos.

Sabendo da importância que a prática regular de exercícios físicos orientados e supervisionados por Profissionais de Educação Física exerce sobre o ser humano em seus diversos aspectos, bioquímicos, fisiológicos e psicológicos, externamos a nossa preocupação também com a questão da saúde pública. Nesse sentido, os estudos científicos relatam a importância da prática regular do exercício físico com intensidade moderada para o sistema imunológico e reforçam o maior risco de infecção para os SEDENTÁRIOS.