Sugestão à gestão geral do SUS, para melhor humanizar os atendimentos aos usuários.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Boa noite! Solicito por gentileza, se possível for, encaminhar esta citação e sugestão às respectivas autoridades competentes!
As fases citadas abaixo, refletem o cúmulo do absurdo! O verdadeiro retrato do retorno que deveria ser em benefício ao cidadão comum, sobre as dezenas de impostos que a nação paga ao Estado.


1ª Fase. O cidadão “Repito, comum” contribui a vida toda, quando tem a sorte de se aposentar já está com a saúde debilitada e o benefício mais ainda, aí o desempregado ou aposentado, ao precisar de uma consulta médica pelo SUS, caso a consulta não seja de alguma especialidade, ou seja, se for somente o clínico geral aí a demora é aproximadamente somente de 30 a 40 dias, isso se o infeliz estiver com sorte! Mas se for para alguma especialidade a coisa fica pior ainda, a espera é em média de 3 a 6 meses, mas se o cidadão piorar de saúde, e for levado ao pronto socorro, após várias horas de espera é examinado de raspão por um médico plantonista o qual, na maioria das vezes é mal educado, não houve o paciente com a mínima paciência, não quer nem se importa em ver os laudos de exames que o infeliz diz ter em mãos, portanto nem precisa ser sábio para notar que tal médico é mal preparado para fazer um diagnóstico decente, nestes termos, após prescrever na enfermaria uma chumbada de tilatil, buscopan e outras drogas do tipo corriqueiro em PSs, misturadas a ½ litro de soro, e após horas de molho no soro o condenado é liberado e orientado a procurar um posto de saúde se não melhorar! Agora vamos à segunda fase mais trágica;


2ª Fase. Na grande demora de uma ou mais consultas de especialidade especifica, a família do cidadão enfermo, já preocupada com o caso, faz das tripas coração e paga uma consulta particular, aí começa a outra parte do desprezo e desrespeito ao cidadão por parte dos gestores dos órgãos da saúde, por exemplo; O SUS, além de não proporcionar a consulta em tempo razoável dentro do aceitável, não considera, não reconhece e nem acata o diagnóstico de um especialista particular, como se os especialistas do SUS fossem mais capacitados, detalhe, o SUS muito menos socorre o cidadão enfermo nos remédios e exames prescritos pelo médico em questão, enfim, o SUS além de não atender ao cidadão de forma minimamente decente, ainda o despreza como se fosse uma peça em descarte final! O bom senso moral, sugere que as autoridades competentes e os gestores do SUS mudem urgente essa política maléfica nos seguintes termos; -->

A- Investir mais na saúde objetivando a redução nos tempos de espera tanto de consultas como de exames em geral. ( No caso deste item, pelo visto já tem um PL em tramitação)


B- Reciclagem e treinamento constantes nos quadros de funcionários, sobretudo de médicos em geral, relembrando-os de suas principais funções e compromissos no ramo da medicina.

 
C- Eliminar a norma “Maléfica” interna de não considerar nem acatar os diagnósticos e prescrições de médicos particulares, aliás aqui cabe um adendo; Neste caso, o mínimo que o sistema SUS poderia expressar de decente, seria um agradecimento formal à família ou amigo do paciente, que foi quem bancou o que o SUS tem a obrigação de fazer e não o fez!


D- Investir também nas providencias e distribuição dos remédios raros e nos mais usados pelo cidadão dependente do SUS.


PS. O supracitado, lamentavelmente não é uma simples crítica de um mero redator, mas a sugestão de um aposentado que sofreu na família e na pele tudo isso por várias vezes!


Aguardo a resposta de alguma autoridade política idônea que tenha o brio e a coragem de inserir essa sugestão em algum projeto de lei, seja municipal ou, melhor ainda, nacional. Cabe lembrar a algum legislador que ler isso, que as eleições estão às portas.


Cordialmente.
Severino. F. De Lima. 06/04/2018

 



Hoje: Severino Ferreira está contando com você!

Severino Ferreira Lima precisa do seu apoio na petição «Gestão geral do SUS.: Sugestão à gestão geral do SUS, para melhor humanizar os atendimentos aos usuários.». Junte-se agora a Severino Ferreira e mais 20 apoiadores.