Fim da impunidade ao assédio moral no trabalho

Fim da impunidade ao assédio moral no trabalho

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Jaudilene de Santana Antunes criou este abaixo-assinado para pressionar FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DAS ESFERAS, FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS.

Por por estar sofrendo assédio moral em meu trabalho no serviço público já a um bom tempo por parte de chefes ligados ao meu setor de trabalho e que formaram grupos com outros funcionários colegas para cometerem sistematicamente estes atos contra a minha pessoa, sem que os Coordenadores, Subcoordenadores do local onde desenvolvo minha prática de trabalho, tomem a menor providência, mesmo eu já tendo por várias vezes levado ao conhecimento destes as falácias que cometem contra a minha pessoa. Parece que isso se deve por terem seus cargos comissionados, por causa dos seus interesses políticos e até mesmo por omissão  ou preconceito a quem exerce uma função considerada irrelevante, pois estes mesmos por vezes também praticam o assédio moral contra funcionários e não punem os chefes de setores que nestes espaços cometem tais práticas contra Agentes Administrativos, Técnicos de Enfermagem, Agentes de Saúde, Farmacêuticos, Funcionários de Serviços Gerais de limpeza entre outros. Decidi  pois fazer este abaixo assinado porque  sei que não sou a única a passar por esta situação tendo já presenciado funcionários irem ao Distrito Sanitário em função de estarem sofrendo os crimes acima mencionados, por parte de Gerentes de UBS's  e USF's, entretanto é notório que  basta se ter uma função considerada de nível médio ou sem relevância para que a Coordenação por vezes segundo seus interesses, se  omita, deixando os chefes á vontade para praticarem o assédio moral contra quem desejarem, sem que os já citados Coordenadores e Sub's tomem a menor providência, quando não se aliam aos tais chefes, que  praticam  atos de, zombarias, depreciação, formação de grupos de funcionários  que também zombam e depreciam o colega, o que revela uma manobra  de tentar isolar a quem está sendo alvo de sua perseguição, visto que os outros colegas para não se tornarem também perseguidos se calam diante dos atos injuriosos presenciados contra o colega, se afastam do mesmo, ou se aliam aos criminosos de alguma forma, rindo das piadas, olhando com desprezo ao colega, ou ignorando-o, também fingindo  não ver que esteja acontecendo o crime para não se tornar alvo. Pretendo desta forma, buscar uma Lei Complementar e mais diretiva a fim de inibir tais atos e evitar que os mesmos continuem ocorrendo ou fiquem sem punição. Pois eu sei na pele o que é por motivos torpes, ser desrespeitada, perseguida, humilhada, zombada, adquirir inimigos só por difamação dos perseguidores, e ver tudo isto ser ignorado por superiores que deveriam me defender e proteger destes ataques e procedimentos danosos á saúde física, emocional e psicológica do servidor, tomando assim, providências para evitar que o ambiente de trabalho que é o local onde passamos a maior parte do nosso tempo, se torne um lugar de sofrimento e adoecimento pisco-emocional e físico, como vem ocorrendo. 

 

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!