Prioridade para salvar vidas no Hospital Nossa Senhora da Saúde de Diamantina

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


O Hospital Nossa Senhora da Saúde, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, está em estado de alerta e corre o risco de ter o atendimento paralisado se não receber ajuda do Estado e dos municípios da região. A instituição, cujo atendimento é 92% feito pelo SUS, alega falta de repasses.

 Segundo a direção da instituição, o repasse de verbas estaduais está atrasado desde o fim do ano passado. Dos R$ 800 mil que caberiam ao Estado, estariam chegando, em média, R$ 600 mil. A unidade que atende cerca de 53 cidades receberia ajuda de custo de R$ 40 mil da Prefeitura de Diamantina, o que seria insuficiente, segundo o diretor administrativo da casa, Dalgesio João dos Santos. “Temos uma dívida de R$ 18 milhões com fornecedores, além de estarmos com o salário do corpo clínico atrasado há dois meses”, destacou.

Em reunião com o secretario de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz, em Belo Horizonte, o prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque, que também é presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Jequitinhonha (CISAJE), o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, que preside a Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Jequitinhonha (AMAJE), e mais 30 prefeitos, totalizando 32 gestores, entregaram uma carta ao governador Fernando Pimentel solicitando o repasse, em caráter de urgência, de R$ 1,2 milhão para evitar o fechamento do hospital.

O Hospital Nossa Senhora da Saúde tem 82 leitos, dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto; oito leitos de UTI Neonatal; dois leitos de UTI Pediátrico. Trabalham na unidade 40 médicos e mais 237 funcionários. O corpo clínico não recebe os salários há dois meses por falta de recursos e o hospital já anunciou uma paralisação. A instituição pertence à Irmandade Nossa Senhora da Saúde e há muitos anos enfrenta dificuldades financeiras.*

32 prefeitos solicitaram o repasse para Fernando Pimentel, e agora é a vez do POVO DO VALE DO JEQUITINHONHA solicitar PRIORIDADE MÁXIMA para esse repasse de verbas e para sustentabilidade do Hospital no Longo Prazo.

*Fonte: http://aconteceunovale.com.br/portal/?p=124486



Hoje: Povo do está contando com você!

Povo do Vale do Jequitinhonha precisa do seu apoio na petição «Fernando Pimentel: Prioridade para salvar vidas no Hospital Nossa Senhora da Saúde de Diamantina». Junte-se agora a Povo do e mais 26 apoiadores.