Confirmed victory
Petitioning Gabinete do Prefeito de São Paulo Fernando Haddad
This petition was delivered to:
Gabinete do Prefeito de São Paulo
Fernando Haddad

Suspenda as licitações do transporte público em São Paulo

Caro Prefeito Haddad,

O Brasil está mudando para melhor. As pessoas estão participando mais das questões públicas. Levamos mais de 100 mil pessoas para as ruas na cidade de São Paulo. E muitas outras pessoas nos seguiram, em várias cidades do Brasil. Temos uma chance única de ampliar o debate sobre o transporte na nossa cidade - e de garantir que haja transparência e participação na sua gestão.

Por isso, pedimos que seja suspendido o edital de concessões e permissões do serviço de transporte público de São Paulo. Antes de discutirmos o edital deve haver um processo de participação pública sobre a concessão que queremos. Para isso devem ser abertos canais de participação pela internet, além de espaços de encontro para a sociedade civil participar do debate.

Visto que o valor do edital é muito alto e haverá diversas modificações no atual sistema de transporte público julgamos necessário que a sociedade possa analisar a proposta. O material entregue pela Secretaria de Transporte (arquivos no volume de 800 MB em formato fechado (.pdf) com informações sobre as linhas em formato de imagem), não permite que a sociedade

- possa analisar os documentos no prazo estipulado (necessitamos ao menos um mês após recebimento dos dados abertos)

- entenda as mudanças que haverá por meio do edital.

Também gostaríamos de sugerir que haja uma efetiva participação da sociedade por meio de audiências públicas nas subprefeituras para que possam ser

- analisadas as falhas referente ao atual sistema de concessão

- levantadas sugestões sobre novas linhas (por exemplo, as comunidades alegam que o transporte entre bairros próximos está precário porque as linhas são orientadas para o transporte ao centro)

Ainda queremos ter esclarecimento sobre o valor da concessão: Estamos concedendo os contratos no valor de 46,3 bilhões para o período de 15 anos. A Prefeita Marta Suplicy concedeu para o período de 10 anos no valor de 15 bilhões. A sociedade não está entendendo porque o valor mais de triplicou enquanto o período da concessão somente aumentou em 50%.

Defendemos que a Prefeitura deva somente conceder o serviço de transporte coletivo público quando houver clareza sobre os custos do mesmo. Esses não foram abertas ainda - ontem o Ministério Público entrou com um pedido referente às planilhas de custos.

Queremos participar desse processo, que não é simples de entender. Claro que queremos que as mudanças venham rápido, mas precisamos de tempo para ler documentos e articular pessoas.

Prefeito Haddad, suspenda a licitação de transportes na cidade! Vamos fazer um grande debate - participativo, transparente e representativo - para construir, juntos, a mobilidade que queremos.


Letter to
Gabinete do Prefeito de São Paulo Fernando Haddad
Caro Prefeito Haddad,

O Brasil está mudando para melhor. As pessoas estão participando mais das questões públicas. Levamos mais de 100 mil pessoas para as ruas na cidade de São Paulo. E muitas outras pessoas nos seguiram, em várias cidades do Brasil. Temos uma chance única de ampliar o debate sobre o transporte na nossa cidade - e de garantir que haja transparência e participação na sua gestão.

Por isso, pedimos que seja suspendido o edital de concessões e permissões do serviço de transporte público de São Paulo. Antes de discutirmos o edital deve haver um processo de participação pública sobre a concessão que queremos. Para isso devem ser abertos canais de participação pela internet, além de espaços de encontro para a sociedade civil participar do debate.

Visto que o valor do edital é muito alto e haverá diversas modificações no atual sistema de transporte público julgamos necessário que a sociedade possa analisar a proposta. O material entregue pela Secretaria de Transporte (arquivos no volume de 800 MB em formato fechado (.pdf) com informações sobre as linhas em formato de imagem), não permite que a sociedade

possa analisar os documentos no prazo estipulado (necessitamos ao menos um mês após recebimento dos dados abertos)
entenda as mudanças que haverá por meio do edital.

Também gostaríamos de sugerir que haja uma efetiva participação da sociedade por meio de audiências públicas nas subprefeituras para que possam ser

analisadas as falhas referente ao atual sistema de concessão
levantadas sugestões sobre novas linhas (por exemplo, as comunidades alegam que o transporte entre bairros próximos está precário porque as linhas são orientadas para o transporte ao centro)

Ainda queremos ter esclarecimento sobre o valor da concessão: Estamos concedendo os contratos no valor de 46,3 bilhões para o período de 15 anos. A Prefeita Marta Suplicy concedeu para o período de 10 anos no valor de 15 bilhões. A sociedade não está entendendo porque o valor mais de triplicou enquanto o período da concessão somente aumentou em 50%.

Defendemos que a Prefeitura deva somente conceder o serviço de transporte coletivo público quando houver clareza sobre os custos do mesmo. Esses não foram abertas ainda - ontem o Ministério Público entrou com um pedido referente às planilhas de custos.

Queremos participar desse processo, que não é simples de entender. Claro que queremos que as mudanças venham rápido, mas precisamos de tempo para ler documentos e articular pessoas.

Prefeito Haddad, suspenda a licitação de transportes na cidade! Vamos fazer um grande debate - participativo, transparente e representativo - para construir, juntos, a mobilidade que queremos.