Urbanidade e Humanismo: Não à violência "gratuita"

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Estamos a mais de um ano em LUTO. A criança Hillary Valadares de  um (1) ano e 1/2  de idade, foi assassinada na cidade de Peruíbe, litoral de SP. Inquérito policial e corregedoria, fecham  a favor de reconstituição do caso. Mas apesar de todas as evidencias e videos mostrarem todo o caminho das circunstancias do crime, uma surpresas,  um promotor e acolhido por uma juíza da região, optarem por arquivar o processo, sem as devidas providencias. Há erros, muitos erros de interpretação e decisão. Apelamos a todas as instancias, vozes e ouvidos para acolher nosso pedido de socorro em relação ao descaso com o caso.

Entendemos que há necessidade da releitura,  acolhimento dos fatos evidentes ; e da discussão em esferas onde possamos fazer valer o DIREITO à vida e não a violência gratuita.

Grata

Valdira Valadares