Vitória confirmada
Pressionando Facebook Alexandre Hohagen, Vice-Presidente

Facebook: Remova imediatamente as páginas do Lobo da Insanidade

As páginas “Lobo Insano” e “Lobo da Insanidade” no Facebook são dedicadas ao discurso de ódio que prega a violência doméstica e outros crimes como estupro e pedofilia. Mascaradas de humor controverso, as imagens altamente ofensivas são conteúdo criminoso na rede social Facebook. Não se trata apenas de uma brincadeira de mau gosto. No Brasil, uma mulher é estuprada a cada 12 segundos. A maioria não é atacada por criminosos armados em ambientes perigosos, mas por homens conhecidos delas em ambientes que deveriam ser seguros.

“Lobo Insano” não é uma página de humor, é um insulto e um desrespeito a todo um gênero, que abusa do discurso de ódio e da incitação aberta à violência. Várias pessoas já denunciaram, porém o Facebook ignora e continua mantendo essas páginas na rede. Vamos pressioná-los a tirar todas as páginas associadas ao nome Lobo Insano, assim como a banir o administrador das páginas do site. 

A violência e abuso sexual não podem ser tratados como brincadeira e o Facebook não pode se omitir neste caso. Não podemos permitir que as redes sociais se tornem um canal para a disseminação de mensagens de incentivo ao estupro e à violência contra todo um gênero oprimido no Brasil. 

Assine para exigir que o Facebook retire imediatamente do ar as páginas “Lobo Insano” e “Lobo da Insanidade” e impeça o responsável por elas de participar novamente da rede.

Este abaixo-assinado foi entregue para:
  • Facebook
    Alexandre Hohagen, Vice-Presidente


    Marcha Nacional Contra a Mídia Machista fez este abaixo-assinado do zero e agora já venceu com 1.123 apoiadores. Faça você também um abaixo-assinado e mude o que você quiser.




    Hoje: Marcha Nacional Contra a Mídia Machista está contando com você!

    Marcha Nacional Contra a Mídia Machista precisa do seu apoio na petição «Facebook: Remova imediatamente as páginas do Lobo da Insanidade». Junte-se agora a Marcha Nacional Contra a Mídia Machista e mais 1.122 apoiadores.