Cobrança Abusiva da Enel em Diadema e adjacentes

Cobrança Abusiva da Enel em Diadema e adjacentes

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Excelentíssimo Senhor Doutor Promotor de Justiça do Ministério Público de Diadema - SP

Nós, munícipes de Diadema e adjacentes, através da representante Luiza Polydoro, viemos por meio deste abaixo assinado  apresentar ao Ministério Público de Diadema - SP  que encaminhe às competências desta solicitação aos órgãos de controle e fiscalização, como:

·         PROCON;

·         Delegacia do Consumidor;

·         Diretoria Executiva da Enel ou responsável;

 A redução no valor das contas de energia, que foram calculadas de forma abusiva, justamente durante a crise sanitária provocada pela pandemia de COVID-19.

Acreditamos que neste momento o aumento significativo nas contas de consumo de energia não está compatível com a renda atual dos consumidores mesmo com todas as ações humanitárias feitas através do governo Federal, visto que a grande maioria dos munícipes não é beneficiária dos auxílios e benefícios.

Também estamos solicitando uma prestação de serviço mais assertiva em relação ao Serviço de Atendimento ao Consumidor, com relação ao recebimento de reclamações, leitura dos relógios e com excelência em tudo o que se refere às prerrogativas da concessionária.

Fica nomeada Luiza Polydoro com o contato: luiza.polydoro@gmail.com como representante caso necessite de maiores informações.

Diadema, 23 de junho de 2020.