Vitória

Eu digo NÃO à proibição de associados não hospedados frequentarem as piscinas da AFPESP!

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 1.990 apoiadores!


Como segunda portaria do ano de 2017, o Presidente da Diretoria Executiva da AFPESP resolveu proibir a utilização das piscinas das Unidades de Lazer da AFPESP por associados que não estejam hospedados nas respectivas unidades.

Seus argumentos foram dois: 1º- Piscinas estarem dimensionadas para atender aos hospedados e; 2º Inexistência de estrutura que permita atender o repentino aumento de pessoas nas piscinas.

Nenhum dos argumentos se justifica, pois:

-  Quando compramos nossos títulos, um dos motivos foi o fato de poder utilizar as piscinas como visitante não hospedado. Compramos os títulos com dimensões de piscinas das unidades de lazer apropriadas!

- O aumento repentino de pessoas nas piscinas ocorreu devido à venda de novos títulos que também gerou aumento de receita. Infelizmente esses aumentos não foram acompanhados por ampliação das unidades de lazer existentes para atender às novas demandas.

Além disso, a missão institucional da AFPESP é: “Defender os interesses dos servidores públicos associados, promovendo ações de atendimento nas áreas de esporte, lazer, recreação, cultura, saúde e educação, visando à qualidade de vida dos associados, atuando de forma integrada e harmônica para o alcance dos seus objetivos.”

Essa proibição de uso das piscinas está fazendo exatamente o contrário: Está causando imensa lesão aos interesses dos associados, extirpando-os de direito precisamente no que diz respeito ao lazer, recreação, saúde e à qualidade de vida! Em hipótese alguma essa medida pode ser considerada como atuação de forma integrada e harmônica para o alcance dos seus objetivos!

Sob o pseudo princípio de “Comprometimento com Resultados”; esta resolução feriu diretamente aos princípios da ÉTICA e da Transparência da Gestão. Pois, antes de tomar uma atitude como essa, que traz tantos prejuízos e transtornos aos associados, deveria ser feita uma consulta prévia para saber se os associados estão de acordo.

Frequentar as piscinas das unidades de lazer como visitante possibilita a maior quantidade de associados utilizarem-se dos benefícios dos títulos. O presidente da AFPESP não pode simplesmente revogar um direito que foi adquirido e apresentado como atrativo durante a compra do título!

Se a venda de novos títulos causou superlotação nas piscinas, então que sejam comprados terrenos próximos às unidades de lazer existentes e sejam construídas novas piscinas para atender à nova demanda! Pois, o aumento do número de associados veio acompanhado pelo aumento de receitas.  

Por tudo isso, nós associados da AFPESP, solicitamos ao Presidente que revogue a Portaria nº 002/2017, e que amplie às áreas das piscinas a fim de atender à nova demanda.  



Hoje: Elisete está contando com você!

Elisete C Santos precisa do seu apoio na petição «Eu digo NÃO à proibição de associados não hospedados frequentarem as piscinas da AFPESP!». Junte-se agora a Elisete e mais 1.989 apoiadores.