VACINA PARA PROFESSORES DE ARTES MARCIAIS

VACINA PARA PROFESSORES DE ARTES MARCIAIS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Giulia Rocha criou este abaixo-assinado para pressionar Estado de São Paulo e

Pensando em todos os atletas de São Paulo, estamos criando este abaixo assinado para que possamos praticar nosso esporte sem o medo do contágio e de transmissão. Em exemplo temos o Estado do Rio de Janeiro, que já começou a vacinar esses grandes profissionais, no dia 30/05/2021, fonte https://www.graciemag.com/2021/06/02/vacinacao-prioritaria-para-professores-de-jiu-jitsu-se-inicia-nesta-semana/ e https://www4.redetv.uol.com.br/blog/faixapreta/professores-de-artes-marciais-estao-no-grupo-prioritario-de-vacinacao-no-rio-saiba-mais/ 

Como os profissionais de educação física já adentraram a essa prioridade, assim como os jogadores de futebol, nada mais justo que, por analogia, mestres de artes marciais entrem, esses que atuam em diversos projetos sociais com crianças carentes, salvando jovens do mundo das drogas e, até mesmo, adultos de comorbidades como obesidade e vícios.

O Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a COVID-19 caracterizou quem são os profissionais da saúde, são eles “trabalhadores dos serviços de saúde são todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Desta maneira, compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, serviços socais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares – quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços direto de assistência à saúde das pessoas. Inclui-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras, bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados”.

Fica aqui um trecho da entrevista do grande vereador e faixa preta MARCELO ARAR: Compreendemos que os exercícios físicos, e portanto artes marciais como o Jiu-Jitsu, são essenciais na luta contra o Covid-19. A partir deste raciocínio, idealizamos o projeto de lei para vacinar os professores e instrutores que estão à frente, promovendo saúde e bem estar para a população em um momento tão difícil. (entrevista cedida à GRACIEMAG, no dia 02/06/2021 e transcrita por Carlos Arthur Jr.). 

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!