Em defesa do isolamento social no Ceará para combater à COVID-19

Em defesa do isolamento social no Ceará para combater à COVID-19

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!

luzia torres
luzia torres assinou este abaixo-assinado

O Ceará é um dos estados mais afetados pelo novo coronavírus no Brasil. E o isolamento social tem sido a ação mais eficaz para frear a contaminação. Não podemos flexibilizar nem afrouxar essa medida!

Após um mês com comércios fechados e ruas vazias, o Governo do Ceará já está discutindo a retomada das atividades econômicas — o que seria uma tragédia, já que estamos perto do pico de casos da doença no estado.

Ainda não há cura, vacina, nem remédio que enfrente a Covid-19. Nossa única proteção está em sermos solidários e mantermos o isolamento social. Países que relevaram essa medida estão pagando um preço muito alto em perdas humanas.

No Brasil, vivemos um momento muito delicado em que o Governo Federal se contrapõe à responsabilidade da grande maioria dos governadores e prefeitos e estimula o ódio, a desumanidade, a irresponsabilidade, pregando a quebra do isolamento social. Ao invés de cumprir com suas obrigações de garantir o sustento básico das famílias mais pobres, o apoio aos setores econômicos mais frágeis, o suporte das políticas de saúde, prefere colocar em risco a vida de milhares de pessoas.

No Ceará, o governador Camilo Santana tem se desdobrado para fazer frente à essa crise, seja priorizando as ações de fortalecimento do sistema de saúde, preparando o Estado para o pico do contágio, seja com políticas de assistência social e compensatórias para os mais carentes. E, para nosso orgulho, com a aprovação da maioria absoluta da população cearense. Contamos que o compromisso permaneça e que o isolamento social se mantenha como decreto no Estado.

Estamos vendo crescer a pressão de setores empresariais, preocupados exclusivamente com seus lucros, utilizando o falso discurso da manutenção dos empregos como forma de angariar apoio popular aos seus interesses. Ao invés de cobrar as ações do Governo Federal, preferem priorizar também o embate político, tentando forçar nosso governador a relaxar as medidas de isolamento que vem dando o fôlego para que o sistema de saúde não entre em colapso absoluto.

Neste momento, a prioridade é salvar vidas. Aquilo que é fundamental para dinamizar a economia – o capital humano, a classe trabalhadora. É com nossa força de trabalho que vamos reconstruir o Brasil, passada essa crise.

Nós, da sociedade civil, lideranças e gestores públicos, manifestamos nosso total apoio às políticas implementadas pelo Governo do Estado do Ceará, em particular, o isolamento social, na compreensão de que é fundamental evitar a propagação do vírus, garantindo a diminuição de aglomerações de pessoas.

Temos a certeza de que esse é o caminho para vencermos essa crise! E que possamos aprender que somente com o cuidado com o outro, teremos uma sociedade mais humanizada nos seus valores e práticas.

Pedimos que todos permaneçam em suas casas e que a medida de isolamento social não seja flexibilizada nem afrouxada enquanto ainda estivermos enfrentando a contaminação do coronavírus e suas consequências. E que a medida seja estendida para mais dias se assim for necessário para salvar vidas. 

Assine e fique em casa!