Em defesa do conhecimento livre e plural e das universidades públicas

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


As universidades públicas brasileiras estão enfrentando um momento muito difícil, com o governo de Michel Temer. O congelamento por 20 anos do investimento público e a concessão do pré-sal para empresas estrangeiras atingem diretamente a educação no Brasil. Estas medidas, assim como a reforma trabalhista, foram aprovadas com o voto favorável do deputado federal Jair Bolsonaro. Não há, portanto, por este caminho, possibilidade de reversão nem da entrega do petróleo brasileiro tampouco da redução do papel do Estado e da diminuição das universidades públicas, resultando, inclusive, em demissões de servidores concursados.

A eventual eleição do candidato de extrema-direita seria o maior retrocesso para as universidades públicas, seria a negação da própria essência da universidade, pois ele não reconhece a legitimidade do conhecimento científico, nega a diversidade de pontos de vista, em favor de uma única perspectiva. Com um discurso ultraliberal, aponta para a privatização de “tudo” que puder ser privatizado.

Não é por acaso que apoiadores de Bolsonaro agridem estudantes e ameaçam servidores da UFPR, atiram pedras contra os prédios da universidade e tratam direitos como privilégios. Por trás de um discurso obscurantista, que ataca conhecimentos científicos como se fossem mentiras, mal se disfarça um projeto totalitário.

A universidade, a soma das partes que fazem o todo do conhecimento, não cabe num projeto que tem verdades definidas a priori. A ciência avança pelos seus erros, pelas críticas e pelo debate plural e público. Isso está ameaçado.

Por isso, nós, professores, discentes e técnicos administrativos da UFPR, unidos em defesa das universidades públicas, plurais, livres e democráticas, repudiamos o projeto autoritário representado pela candidatura de extrema direita e conclamamos a população a defender as universidades públicas, o conhecimento livre e plural, votando a favor da democracia no dia 28 de outubro de 2018.



Hoje: Mário está contando com você!

Mário Messagi Jr precisa do seu apoio na petição «Eleitores brasileiros: Em defesa do conhecimento livre e plural e das universidades públicas». Junte-se agora a Mário e mais 1.623 apoiadores.