Escolas estaduais de São Paulo, devem ensinar a língua e cultura italiana no contraturno.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


O Brasil é inegavelmente um país de emigrantes, e, há pouco mais de um século teve uma forte onda de emigração européia,  onde os italianos se destacaram, particularmente nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul,  Paraná,  Santa Catarina, Espírito Santo,  Rio de Janeiro e Minas Gerais. É impossível olhar a formação recente do estado de São Paulo,  sem deixar de pensar na influência italiana na cultura, sotaque,  arquitetura, indústria,  lavoura, economia, costumes, culinária e mão de obra entre outras coisas. Enfim o desenvolvimento paulista,  e conseqüentemente brasileiro,  está intimamente ligado aos italianos. Com a recente iniciativa, do governador do Paraná,  Ratinho Junior,  que também é oriundo de emigrantes italianos, em tornar obrigatório o ensino da língua e cultura italianas naquele estado, podemos requerer e fomentar o mesmo para São Paulo,  que é o estado mais italiano do país,  além do que o presidente Jair Bolsonaro, é paulista e ítalo brasileiro também. 

 



Hoje: Domenico está contando com você!

Domenico SPANO precisa do seu apoio na petição «Eduardo Bolsonaro : As escolas públicas de São Paulo, devem começar a ensinar a língua e cultura italianas.». Junte-se agora a Domenico e mais 101 apoiadores.