Abaixo-assinado encerrado

Não queremos ser brasileiros, queremos ser anexados pelos EUA

Este abaixo-assinado conseguiu 16 apoiadores!


Ao Exmº Sr. Presidente Trump, pelo amor de Deus, salve os brasileiros!!!

Depois de ver a anexação da Criméia realizada pela Rússia com sucesso e, segundo as fontes de informação, realizadas de acordo com a vontade dos residentes locais, faço a sugestão de propormos para os EUA uma invasão consentida com o povo brasileiro (não iremos considerar invasão, já que solicitamos isso) no nosso país, para que faça um referendo baseado na vontade de sermos anexados a estrutura federal dos Estados Unidos da América, país da qual, seremos eternamente gratos por nos salvarem de nós mesmos!

Nós não queremos entrar nos EUA Exmº Sr. Presidente Donald Trump, porque sabemos que o senhor é avesso a imigrantes latinos e porque também gostamos do clima daqui, o país tem uma natureza maravilhosa e gostamos disso, apenas queremos ser uma unidade federativa dos EUA, queremos ser administrados por vocês!

Há várias commodities aqui para serem exploradas e um capital humano capaz de lhes trazer grandes lucros para as suas empresas, porém, somos assaltados pelos nossos governantes, fato da qual, nos traz muito pesar e angústia! Queremos um futuro para os nossos filhos e, sendo eles americanos, teremos a quase certeza de serem mais respeitados perante o mundo e, com mais oportunidades, esperamos realizar o sonho americano no Brasil.

Sabemos também que vocês gostam muito de armas e aqui terá um mercado farto para ser explorado gerando riqueza, uma vez que podemos realizar controle populacional com medidas de incentivo ao porte de armas de maneira que o cidadão comum possa exercer o direito de defender a sua propriedade dos bandidos que aqui hoje andam soltos as ruas. Sr. Trump, para o Exmº ter uma idéia, os índices de mortes violentas atingem 60000 mortes ao ano e, se colocarmos em perspectiva esses números, são idênticos aos da guerra da Síria. Vocês perceberam o tamanho do mercado que terão para ser explorados e, de quebra, auxiliando-nos a livrarmos dos problemas de segurança?

Em termos de saúde Sr. Trump, gostaríamos de ter médicos que, mesmo sendo pagos conforme eram no sistema de saúde de vocês antes do ObamaCare, que não sejam em um valor correspondente a quase 40% do salário mínimo pela consulta, fato da qual nos traz muito pesar e alguns problemas cardíacos quando precisamos pagar a conta para tratar da saúde, além dos equipamentos de última geração e acesso a medicamentos com preços mais justos. Os médicos cubanos que aqui estão, coitados, são excelentes profissionais, mas não possuem estrutura adequada para trabalharem com os convalescentes, fato do qual nos desanima e não nos orgulha.

O que falar da educação? Queremos franquias de escolas como o MIT e Harvard aqui no nosso país, mas antes disso, queremos uma educação de base mais séria e comprometida com o futuro dos nossos filhos, queremos que não haja progressão contínua apenas para que os números perante a ONU fiquem bonitos, fato da qual gera um analfabetismo funcional e um futuro disfuncional para as gerações vindouras, onde as oportunidades oriundas do estudo nunca são aproveitadas em um sistema da qual não preza pela qualidade. Material humano nós temos para vocês trabalharem e nos aperfeiçoarem para os seus interesses capitalistas e, seremos gratos por nos explorarem nesse sentido!

Outra coisa que queremos é fortalecer o capitalismo no país, mas não da forma como é feita atualmente, pois aqui há uma situação muito inquietante. Os empresários tendem a não respeitar o livre comércio e tendem a mancomunarem-se uns com os outros, formando cartéis que nos traz certo desespero ao comprarmos seus produtos, pois ficamos sem opções, além de que, como devem saber, se associam com a classe política do país formando elites que impedem o avanço da livre iniciativa privada, do pequeno ao maior produtor de qualquer coisa. Outro fator que ocorre aqui é que parece que instituíram por decreto a lei dos 100%. Qualquer produto vendido, fatalmente terá no mínimo 100% de lucro e, sabemos que nos EUA, não é dessa forma que o capitalismo prospera. Dos impostos sobre a produção de bens e serviços, nem vou escrever, senão corro o risco de ser taxado por caractere digitado.

Depois de rápidos argumentos Exmº Sr. Predisente Donald Trump e, sabendo que vocês têm sistemas de monitoramento global de espionagem para garantir a segurança interna do seu grande país e nos observam há muito tempo, certamente sabem melhor até que nós mesmos a situação da qual nos encontramos. Pedimos encarecidamente que aportem nas terras tupiniquins e nos tragam a esperança de um futuro melhor, pois sendo brasileiros e dirigidos por brasileiros, nós já a perdemos há muito tempo. Não precisa vir com seus destroyers, seus caças avançados, seus mísseis de cruzeiro e tropas altamente qualificadas, muito menos tecnologia nuclear que vocês dominam e metem medo em todos, não precisa de nada disso Sr. Trump, pois tudo será consentido e democraticamente aceito e, até mesmo porque, nossas forças armadas não representariam nenhum risco a vocês, uma vez que estão em um estranho estado de torpor e são altamente pacíficos.

Sem mais, com votos de estima e respieto, pedimos encarecidamente: SALVEM OS BRASILEIROS!!!



Hoje: Renan está contando com você!

Renan Cipriano dos Santos precisa do seu apoio na petição «Donald Trump: Não queremos ser brasileiros, queremos ser anexados pelos EUA». Junte-se agora a Renan e mais 15 apoiadores.