Vitória

Deixem as crianças escutarem os professores!

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 17 apoiadores!


Somos Ana Maria e Alexandre e tomamos a iniciativa deste abaixo-assinado, pois nossa filha já reclamou várias vezes que não escutava direito as professoras. Não se trata de problema de audição, já checamos isso.

Constatamos pessoalmente a péssima acústica das salas de aula da escola durante a reunião com os pais no dia 20 de fevereiro deste ano. Então enviamos uma reclamação pela ouvidoria logo em seguida junto com várias sugestões de solução. Dentre elas estava os amplificadores de voz para professores.

Se você já ouviu seu filho ou sua filha reclamar do barulho sem saber exatamente o que o professor ou professora disse na sala, então leia o nosso abaixo-assinado.

E se você concorda com o texto abaixo, por favor apoie esta iniciativa:

"Junto com os pais, mães e responsáveis que aqui assinam, solicitamos a disponibilização de amplificadores de voz para os professores e professoras da escola Farias Brito Aldeota. O motivo é simples: há uma acústica perniciosa às cordas vocais dos professores e à aprendizagem de nossas crianças.

Diretores e coordenadores do Farias Brito Aldeota, ajudem nossas crianças a escutarem seus professores.

Há várias medidas que podem ser tomadas a curto, médio e a longo prazos com maior ou menor custo e investimento. A mais rápida é a disponibilização de amplificadores de voz. Essa é apenas uma parte de soluções mais definitivas.

Trata-se de uma ação fundamental para que professores e professoras não desgastem um de seus instrumentos de trabalho mais preciosos: suas vozes! Isso é independente do fato de uma sala ser silenciosa. É também uma questão de atender às diferenças de volume de voz entre as pessoas e à saúde ocupacional.

Mesmo com a medida dos amplificadores, indicamos outras soluções também eficazes e que devem ser perseguidas pela instituição tais como:

  • Manutenção de todos os ventiladores para que fiquem silenciosos.
  • Colocação de isolantes acústicos como espumas nos forros das salas de aula.
  • Conversão das salas de ambientes barulhentos e abertos para ambientes climatizados e fechados.

Deixamos claro que a mais efetiva ação é o redimensionamento da quantidade de alunos por sala/professor. Salas com 35 a 36 crianças de 10 anos de idade para cada professor não é adequado para a aprendizagem. Esta só é efetiva quando o professor possui o tempo necessário para dar atenção de forma mais personalizada. Essa quantidade é inviável.

Se uma medida tão simples como a disponibilização de amplificadores de voz não for realizada logo, consideraremos um grande descaso com a aprendizagem dos alunos assim como um desrespeito a eles, a nós e aos professores."

Deixamos aqui o contato de Email:
holanda74@gmail.com

Obrigado pela atenção.
Alexandre e Ana Maria

Alexandre Alcantara Holanda.
Ana Maria de Carvalho



Hoje: Alexandre está contando com você!

Alexandre Alcantara Holanda precisa do seu apoio na petição «Diretora do Colégio FB Júnior Aldeota: Profa. Patrícia Pinheiro T. Magalhães: Deixem as crianças escutarem os professores!». Junte-se agora a Alexandre e mais 16 apoiadores.