PRÉVIAS DEMOCRÁTICAS NO PT. NÃO AO COLÉGIO ELEITORAL!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Apresentam este manifesto: Carlos Zarattini,  Eduardo Suplicy e Nabil Bonduki 

PELAS PRÉVIAS E PELA DEMOCRACIA NO PT!
NÃO AO COLÉGIO ELEITORAL!

No momento em que o país vive uma crise sem precedentes causada por uma pandemia e agravada por um presidente com aspirações golpistas e fascistas, a direção do PT resolve cancelar as prévias para a Prefeitura de São Paulo. No momento em que os panelaços ecoam todas as vezes que o dito presidente se pronuncia na TV e que o #ForaBolsonaro ganha as ruas e as redes, o nosso Partido não pode aceitar essa decisão. Nosso PT se construiu democraticamente pela livre determinação de trabalhadores e trabalhadoras, apoiado em sua militância; organizou-se na luta pela democracia e pelas liberdades e não aceitou participar do Colégio Eleitoral em 1984. Sempre defendemos a democracia e a mais ampla participação.

É evidente que a crise gerada pela pandemia do Coronavirus alterou completamente a vida das pessoas e, consequentemente, a vida política do país. Mas a democracia, mesmo com os ataques de Jair Bolsonaro, não foi suprimida. O Congresso Nacional segue trabalhando. O calendário político continua valendo e as eleições municipais serão realizadas este ano.

É incompreensível que o Diretório Municipal do PT de São Paulo tenha cancelado as prévias para Prefeito. A decisão do Diretório Nacional, até aqui, de respaldar esta deliberação é uma restrição inaceitável à democracia interna do nosso Partido, sem amparo em nosso Estatuto. Fere o estatuto do PT e cala a voz dos quase 180 mil filiados que temos na Capital.

Não podemos reduzir uma decisão tão importante como essa, que envolve seis candidatos e uma candidata, a uma reunião do Diretório Municipal. Isso seria a imposição de um absurdo colégio eleitoral formado por 46 dirigentes municipais em detrimento do poder de decisão de milhares que já participaram dos debates e de outros tantos que aspiram participar dessa decisão.

Os debates do processo de prévias contaram com a participação de companheiros e companheiras que começaram a desenhar um programa para enfrentar o desgoverno Covas/Dória e a alternativa da extrema-direita de Bolsonaro, buscando unir a esquerda para construir um governo democrático e popular em nossa cidade.

Precisamos garantir a livre expressão e participação de milhares de militantes e filiados que dão o sangue pelo nosso Partido e que o defendem nos bons e nos maus momentos. Precisamos garantir a democracia interna. Ela é o cimento da nossa unidade!

A prévia pode, perfeitamente, ser realizada pela Internet, como já fazem diversas entidades por meio de eleições virtuais. Não aceitamos o argumento de que nossa militância não consegue votar dessa forma, quando mais de 30 milhões de pessoas se cadastraram num aplicativo para receber o Abono de Emergência. Realizar a prévia pela Internet será um desafio tecnológico, mas também um grande avanço da democracia em nosso PT.

As prévias deveriam ser adiadas, já que todas as forças políticas estão com as campanhas paralisadas no “corpo a corpo” e porque ainda há pouca mobilização em torno das eleições municipais. O assunto central do País é a crise gerada pela pandemia e a crise do governo Bolsonaro. Quanto mais defendermos a vida e lutarmos para que esse arremedo de ditador vá embora, mais livres e democráticas serão as eleições para Prefeito. Mais vibrante e mobilizador será o nosso candidato a prefeito da Capital. Nossa voz e nosso voto precisam valer.

Assine, divulgue e compartilhe este Manifesto.

Pela realização das prévias!
Pela democracia no PT!