CRIME HEDIONDO: BATER, ESTUPRAR, MATAR MULHER

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Prezados,

Eu sou filha de uma família com violência doméstica. Meu pai batia muito na minha mãe. E a situação cresce até chegar ao homicídio. O pai vai ficando cada vez mais violento.

Minha mãe foi salva por um Juiz de Direito porque a irmã tinha apanhado muito e foi assassinada pelo marido. Cunhado do Juiz que tinha um grande remorso que não o deixava em paz e, por isso, o Juiz salvou a minha mãe. Para se redimir um pouco com seu espírito perturbado por isto. 

Já faz 50 anos. Hoje minha mãe vive comigo em paz. Porque alguém lhe estendeu a mão. Aquele Juiz compreendeu que não se trata apenas de "briga de marido e mulher". Mas ele só entendeu isto com a morte da sua irmã. 

Minha mãe tem pesadelos até hoje pedindo "socorro" e chamando pela mãe dela. Nós, os 3 filhos, temos sequelas até hoje. Eu tenho uma doença: síndrome do pânico. Faço tratamento até hoje. Meus irmãos não conseguiram sustentar o casamento deles.

Será que foi para isso que as mulheres vieram para esse mundo? As mulheres que dão a luz para virmos ao mundo?

Cuidem de suas filhas, mães, irmãs, primas, cunhadas, amigas, colegas. E toda mulher que sofrer violência por onde você estiver passando na rua.

Obrigada a todos!

 



Hoje: Maria do Socorro está contando com você!

Maria do Socorro Nogueira Lima precisa do seu apoio na petição «Deputados Federais e Senadores: CRIME HEDIONDO: BATER, ESTUPRAR, MATAR MULHER». Junte-se agora a Maria do Socorro e mais 85 apoiadores.