Não a diminuição de profissionais no Hospital Psiquiátrico São Pedro

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Com o encaminhamento do Pacote do Governador Eduardo Leite à Assembléia Legislativa, mais de 120 servidores se aposentam no Hospital Psiquiátrico São Pedro, deixando um enorme vazio na Instituição, e a Saúde Mental no Estado deixará de ser prestada com conhecimento de causa, pois esses profissionais tem 20, 30 e até 40 anos nos cuidados com pessoas que tem sofrimento psiquiátrico, além desta Instituição atender quase 50% do Estado, nos mais diversos municípios, e Capital. É o único Hospital do Estado, em atendimento à crianças e adolescentes. Unidades de desintoxicação, Unidades Hospitalares de tratamento,  e ambulatorial,  grupos terapêuticos de egressos,  farmácia que mantem medicamentos quando pacientes encontram-se em alta hospitalar, oficinas inclusivas,tanto para egressos, como para os moradores, ATUT, reabilitação,  área administrativa e demais setores, serão todos afetados, devido as aposentadorias de muitos profissionais capacitados. A população não pode, e não deve pagar pelo descaso do Governo com a Saúde, tanto da população, quanto da retirada, de servidores que cuidam dentro da Instituição com conhecimento e eficiência na área da saúde mental, sendo que há 137 anos, esses serviços são prestados à população gaúchal. Dizemos não ao pacote, que aniquila funcionários em todas esferas do executivo, e mais ainda na Saúde Mental, pois esse Hospital cumpre papel importante, na vida das pessoas com sofrimento psiquiátrico.