PROPOSTA DE LEI (PL) EXERCÍCIO FÍSICO COMO ESSENCIAL E AMBIENTES PRESTADORES DE SERVIÇOS

PROPOSTA DE LEI (PL) EXERCÍCIO FÍSICO COMO ESSENCIAL E AMBIENTES PRESTADORES DE SERVIÇOS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!
Com 7.500 assinaturas, é mais provável que esta petição chame a atenção das(os) tomadoras(es) de decisão!
Rodrigo Alves Andrade criou este abaixo-assinado para pressionar Deputados Estaduais do Ceará e Gorno do Estado

O Exercício Físico realizado em ambientes seguros como academias, boxes, estúdios e outros espaços similares sobre a supervisão/orientação de um Profissional/Professor de Educação Física é Essencial para saúde física e mental, colabora com a redução do númerode internações por e agravamento dos casos de COVID-19, bem como reduz comorbidades relacionadas a infecção, além de combater e prevenir diversas outras patologias antológicas, cardíacas, distúrbios psicológicos e muitas outros ligadas ou metabolismo.

Esses ambientes estão seguindo diversos protocolos de segurança, sugeridos pelas pelas autoridades como secretárias de saúde estaduais e municipais, ministério da saúde, OMS e demais órgãos de saúde.

Temos diversos estudos já publicados que comprovam que a prática de Exercício Físico regular, alimentação e hábitos saudáveis melhoram e aumenta as respostas do sistema imunológico, reduzindo assim o número e o agravamento sars cov 2, com evidencias trazidas em diversas pesquisas científicas da redução do número de internação e óbitos.

Um relatório divulgado em 04/03/2021, pela Federação Mundial da Obesidade mostra que entre 2,5 milhões de mortes causadas pelo novo coronavírus, 2,2 milhões ocorreram em países com altos índices de obesidade.

Estudo conduzido na Universidade Estadual Paulista (Unesp) sugere que o hormônio irisina, liberado pelos músculos durante a atividade física, pode ter efeito terapêutico em casos de Covid-19. Ao analisar dados de expressão gênica de células adiposas, os pesquisadores observaram que a substância tem efeito modulador em genes associados à maior replicação do novo coronavírus (Sars-CoV-2) dentro de células humanas.

Segundo o estudo da Universidade de Virginia, a prática de exercícios físicos eleva a produção da enzima superóxido dismutase (EcSOD), produzida pelos músculos e associada à proteção do sistema cardiorrespiratório. "Sua baixa concentração aumenta o risco para doenças como pneumonia ou enfermidades crônicas respiratórias", afirma o pneumologista Humberto Bogossian, do Hospital Israelita Albert Einstein. Além disso, também sobe a chance de ocorrência de isquemia cardíaca (derivada da obstrução do fluxo sanguíneo) e falhas nos rins.

As recomendações da OMS são de 150 a 300 minutos de atividade física por semana para adultos de 18 a 65 anos e para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, ao menos 60 minutos por dia de atividade física, em média, com intensidade moderada a vigorosa, a atualização das recomendações focam mais em como obter benefícios significativos e mitigar riscos à saúde de forma geral, não pensando apenas na prevenção de enfermidades crônicas.

Queremos um projeto de lei para o Estado do Ceará, que reconheça que as Atividades e Exercícios Físicos realizados em ambientes seguros, controlados e que sigam todos os protocolos em de biosegurança em vigência, em estabelecimentos prestadores de serviços
como academias, boxes, estúdios em espaços com a supervisão/orientação de Professores/Profissionais de Educação Física.

Buscamos com o mesmo, combater juntamente com as autoridades municipais e estadual a proliferação e os danos causados a toda sociedade pela Pandemia do COVID-19, reduzindo assim o agravamento da infecção e número de óbitos. Bem como os danos psicossociais e físicos na população.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!
Com 7.500 assinaturas, é mais provável que esta petição chame a atenção das(os) tomadoras(es) de decisão!