Apoio à Greve da Educação RS 2019

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


O Movimento de Alunos e Pais em Apoio aos Educadores surge com intuito de apoiar a Greve da Educação RS 2019, porque entendemos que a luta dos educadores é urgente e necessária.


Como pais nos preocupamos com o futuro de nossas crianças, seu desenvolvimento e sua socialização. A anos assistimos a educação do estado ser atacada, precarizando as escolas e desvalorizando os educadores. São escolas com problemas estruturais como banheiros estragados, tetos caindo, salas de aulas com mofo e umidade. Os educadores, que já eram mal pagos, com salários parcelados a mais de 40 meses agora recebem a ameaça de perder os poucos direitos conquistados ao longo de anos, por um pacote de medidas que entre tantas coisas, desincentiva o aprimoramento dos professores.


Como alunos, não podemos silenciar frente ao descaso com a educação pública. O governo trata a educação como gasto, ameaça fechar turmas, escolas, sem se importar no impacto que essas medidas teriam para nós, estudantes. A distância entre a escola e a casa sempre foi motivo de evasão escolar, assim como a falta de transporte escolar acessível. Mas nada disso importa a este governo que serve as grandes empresas e ignora as necessidades das classes menos favorecidas.


O Governo Leite apresentou um pacote de medidas que precariza ainda mais a situação da educação no estado, mexendo na aposentadoria, no direito a especialização e no salário dos educadores, alegando que vai economizar, mas se recusa a cobrar os 8 bilhões de reais dos grandes sonegadores, ou o faz com grande morosidade. Oferece isenções fiscais para grandes empresas deixando de arrecadar 10 bilhões. Sem contar todo o dinheiro que deveria ser ressarcido pelas perdas com a Lei Kandir.


No link abaixo uma breve explicação da Lei Kandir

https://drive.google.com/file/d/1tKhR8Z5eJD4qoYyW6ufwxN43gUSMSfvy/view?usp=sharing


É inadmissível que se tente resolver a crise do estado atacando a ponta fraca. Essa crise não foi gerada pela população do estado, e não somos nós, pais e estudantes que temos que pagar por ela.


Aos senhores deputados nós, pais e alunos, dizemos que sempre que verem milhares de educadores nas ruas, somem todos nós que assinamos esse documento, visto que não podemos estar nas ruas. Somos pais e alunos que trabalham nos mais diversos setores da sociedade, e apesar de não nos fazermos presentes nas manifestações, estamos apoiando integralmente a luta pela educação.