ATRASOS DE REPASSES AO IPSEMG MINAS GERAIS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Nós Servidores Públicos do Estado de Minas Gerais não podemos aceitar que o Governo de Minas atrase os salários dos profissionais e os repasses para os hospitais, nossos prestadores de serviços. O dinheiro é descontado de todos os servidores nos nossos contracheques todos os meses,  para pagar o nosso plano de saúde, no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais ( IPSEMG).

O IPSEMG não está pagando os hospitais credenciados que prestam serviços aos servidores porque o Governador de Minas Fernando Pimentel não está passando o dinheiro. Alguns hospitais já paralisaram o atendimento. As clínicas e os laboratórios estão reclamando que não recebem.

Devido à falta de repasses do governo de Minas, a Rede Aceito, empresa responsável pela gestão do Cartão Medicamento, um dos benefícios descontados na folha do servidor público do Estado – suspendeu o serviço.

Nós servidores solicitamos ao Ministério Público que investiguem onde está indo o dinheiro que é descontado nos nossos contracheques. São mais de 50 mil servidores. Os recursos não são do governo, mas sim de todos nós servidores públicos. A função do governo é repassar os valores recebidos nos contracheques ao IPSEMG, atuando apenas como agente arrecadador nesse processo.



Hoje: Marilda Magalhães de Souza está contando com você!

Marilda Magalhães de Souza Souza precisa do seu apoio na petição «deputados estaduais: ATRASOS DE REPASSES AO IPSEMG MINAS GERAIS». Junte-se agora a Marilda Magalhães de Souza e mais 17 apoiadores.