Pela segurança dos ciclistas em Santa Maria

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem do Estado do Rio Grande do Sul:

O ciclismo é uma atividade desportiva mundialmente reconhecida pelos bens que produz à saúde de seus praticantes, como também pelos benefícios promovidos na mobilidade urbana nas cidades e na diminuição significativa da poluição ambiental. Cientes dessas qualidades, diversos órgãos públicos executivos e legislativos em todo o mundo têm desenvolvido verdadeiras políticas de promoção do ciclismo.

Recentemente, algumas obras começaram a ser feitas nas ERS-511, ERS 804, que ligam o município de Santa Maria, o Distrito de Arroio Grande e o município de Silveira Martins. Foram colocados tachos, tachões e defensas laterais sem qualquer acostamento. Essas reformas praticamente inviabilizam a circulação de ciclistas por essas estradas, as quais sabemos serem trajetos muito frequentes de ciclistas de Santa Maria e de toda a região. O que está ocorrendo nessas estradas é uma ação que vai na contramão de todas as políticas de progresso da mobilidade urbana, especialmente porque elas implicam riscos enormes para os pedestres e para os ciclistas que por lá circulam.

Por meio deste abaixo-assinado, vimos solicitar ao DAER que tome as seguintes providências:

- Retirar os tachões no meio da pista;

- Colocar placas ao longo da rodovia informando aos usuários a presença de ciclistas na rodovia;

- Construir, imediatamente, uma ciclovia, ou um acostamento na pista;

Justificamos essas demandas porque a rodovia não possui acostamento e foram colocadas defensas nas laterais. Os ciclistas que trafegam pela região tentam andar o mais à direita possível, porém, estas defensas fazem com que o ciclista não se aproxime tanto da lateral. Os veículos que trafegam se veem obrigados a passar muito próximos aos ciclistas, sendo estes motoristas inibidos pelos tachões. Se estes tachões forem retirados, os motoristas farão as ultrapassagens com uma margem de segurança maior em relação aos ciclistas e aos pedestres. Além disso, a criação de uma ciclovia ou de um acostamento que permita a circulação segura dos ciclistas são ações que aumentam a segurança dessa comunidade que usa com tanta frequência aquelas estradas para a prática de sua atividade e/ou seu deslocamento.

Essas demandas vão ao encontro do que está disposto no Inciso II do Art. 21 do Código de Trânsito Brasileiro, que diz que “compete aos órgãos e entidades executivos rodoviários da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, no âmbito de sua circunscrição: II – planejar, projetar, regulamentar e operar o trânsito de veículos, de pedestres e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e da segurança de ciclistas”.


Entendemos que podemos chegar a um acordo pela via do diálogo, o que infelizmente não ocorreu quando do início e da implementação do projeto, pois os muitos ciclistas que usam essas estradas para seu esporte/deslocamento não foram, em nenhum momento, consultados sobre as obras. Precisamos de uma cultura menos centrada em veículos automotores. E o ciclismo é um esporte que anda nessa direção.

Desde já, agradecemos pela atenção dispensada e esperamos que as devidas providências sejam tomadas.

 



Hoje: Carlos Henrique está contando com você!

Carlos Henrique Armani precisa do seu apoio na petição «DAER e depois autoridades competentes : Pela segurança dos ciclistas em Santa Maria». Junte-se agora a Carlos Henrique e mais 7.197 apoiadores.