Cumprir Mandato Integralmente

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Quando votamos em alguém, fazemos isso sob a premissa de que essa pessoa irá cumprir na íntegra o mandato para o qual foi eleito. Não é o que acontece no Brasil. Propomos, portanto, que o eleito seja obrigado a cumprir seu mandato na íntegra, sem possibilidade de licenciar-se para exercer outras funções nem, tampouco, para candidatar-se a outro cargo eletivo.

Caso deseje exercer outra função como ministro, secretário ou qualquer outra, deverá, obrigatoriamente, renunciar ao mandato, cedendo-o ao candidato que tenha maior número de votos na mesma eleição, ainda que de outro partido. Se este candidato estiver impedido por qualquer razão que seja, ou não deseje assumir o mandato, o próximo mais votado será convidado e assim por diante.

Se isso for aprovado, acabaremos com o ciranda desavergonhada de políticos eleitos que não cumprem seus mandatos e fazem dos mesmos apenas um trampolim.



Hoje: Instituto de Defesa da Soberania do Eleitor está contando com você!

Instituto de Defesa da Soberania do Eleitor precisa do seu apoio na petição «Cumprir Mandato Integralmente». Junte-se agora a Instituto de Defesa da Soberania do Eleitor e mais 21 apoiadores.