Retorno Irresponsável de Professores às Filiais

Retorno Irresponsável de Professores às Filiais

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Pedro Paulo Silva criou este abaixo-assinado para pressionar Cultura Inglesa

À Cultura Inglesa.

O país e a cidade do Rio de Janeiro estão em uma situação muito complicada. Não só estamos com toda a cidade em bandeira vermelha, mas o número de casos e mortes cresce a cada dia.

Hoje é dia 1º de fevereiro de 2021, e somente na cidade do Rio de Janeiro, nas última 24 horas, tivemos 226 mortes e 3.862 novos casos. No total de mortes e casos contabilizamos 29.789 e 520.339, respectivamente. Quando foi tomada a decisão do fechamento das unidades em março de 2020, as mortes totalizavam 23 e os casos 708. Não há este retorno por estarmos melhorando a situação da pandemia. Não há este retorno por haver uma melhora no ensino e aprendizado (é impossível dizer que ter o professor dando aula de máscara e face-shield, lidando com alunos presenciais e por uma câmera ao mesmo tempo vai ser melhoria). Não há este retorno por questões de segurança (estamos no pico da pandemia). O retorno obrigatório dos professores às salas de aula se dá por motivos que não sabemos e que, certamente, não estão baseados na segurança e bem estar de alunos e funcionários.

Nosso ensino online está em sua melhor forma, funcionando e se adaptando a cada dia, com melhorias tecnológicas, e técnicas sendo aprimoradas a cada reunião e treinamento. É um retrocesso pedagógico mudar agora para uma forma que pouco foi testada e que atrapalhará, indubitavelmente, o ensino de idiomas e suas inúmeras nuances.

As unidades NÃO estão preparadas para o retorno. As medidas de segurança vão muito além de álcool, máscara e aferir a temperatura. Vamos lidar com público em vários locais que sequer possuem circulação de ar natural (salas sem janela, sem ventiladores, apenas com ar-condicionado central ou individual nas salas), com crianças que vão brincar, tirarão as máscaras, não vão seguir o distanciamento. Crianças que virão de locais de aglomeração e ficarão trancadas em salas com alunos e professores, em um ar sem renovação, em um momento sem melhoras.

É necessário que TODAS as normas de segurança em vigência no Estado do Rio de Janeiro sejam cumpridas, senão não há segurança. Algumas das várias normas a serem seguidas à risca são:

 

- Limpeza diária do ar condicionado.

- Um aluno por cada 3m² ou 4m². 

- Em salas sem ventilação natural (ou seja, sem janelas) o dobro deste distanciamento: um aluno para cada 6m² ou 8m². 

- Não havendo limpeza diária dos aparelhos de ar-condicionado nem a possibilidade de circulação de ar natural, recomenda-se ensino remoto.

- Higienização das salas imediatamente após o uso

 

Há o arquivo em pdf com as "Vigilâncias e Orientações para a Retomada das Atividades Escolares" no link: https://bit.ly/39FJX5H , vale a leitura.

O que nos resta perguntar é simples: Todas as salas serão higienizadas entre aulas (nos intervalos que temos de 15-20min entre uso das salas)? Há o espaço necessário para o distanciamento requerido? Há a limpeza DIÁRIA dos aparelhos de ar-condicionado? Se a resposta for não para quaisquer das opções, não podemos voltar.  

Esta volta forçada é uma temeridade. Não somos nós, professores, falando e reclamando. É a pandemia, o contágio, a falta de preparo, as dezenas de milhares de mortes, a ciência. Estaremos colocando em risco não só a nós mas todos nossos alunos e familiares. 

Somos contra o retorno às aulas presenciais até que haja vacina e/ou medidas corretas sendo tomadas. Juntos, unidos e sensatos venceremos esta pandemia.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!